Select Page

Uma Vida Cheia do Espírito Santo 1

Uma Vida Cheia do Espírito Santo 1

“Amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio”. Quem não gostaria de ter todas estas coisas em sua vida? Sem dúvida, todos nós! Quem não queria ter uma vida mais feliz (alegre). Dão tudo, até os corpos que estão usando emprestado, como se fossem seus para encontra a tal felicidade. Parece que quanto mais se corre atrás da felicidade mais ela corre da gente. Quanto as pessoas têm se esforçado para ter tudo isso! A maioria se sente longe de ter um amor intenso e definitivo em suas vidas. Milhares vestem camisetas brancas, soltam pombas e caminhas milhares de quilômetros em busca de paz, mas não encontram. Quantos pais, maridos e mulheres não buscam ter mais paciência com seus familiares? Quantos não buscam mais paciência no trabalho e com todos os outros relacionamentos das suas vidas? Onde está e como conseguir a paciência?
Milhares de mulheres buscam dos seus maridos a delicadeza no trato, bondade para com a família e fidelidade. Onde, afinal, encontrar o que procuram? Depois de uma discussão ou um acontecimento inesperado as pessoas reagem de uma forma da qual sempre se arrependem, gostariam de ter humildade e domínio próprio. Falando em domínio próprio, quantos milhares estão procurando por ele para não caírem em tentação, para se manterem longe das drogas que os anestesiam e até os ajudam a viverem suas decepções. Por falta de domínio próprio, não conseguem encontrar a fidelidade, a bondade, o bom trato para com os outros, a paciência a paz e o amor. Todos nós gostaríamos de ter todas estas virtudes e elas têm uma só fonte que não pertence a todas as pessoas: O Espírito Santo. Se você conhece um pouco da Bíblia já deve ter identificado que todas estas virtudes citadas acima é fruto do Espírito Santo (Gl 5:22, 23).
No culto, por incrível que possa parecer pra você agora, é onde você encontra todo o fruto do Espírito Santo. Claro que não exclusivamente, mas é lá onde está a fonte. Pretendo te ajudar a identificar o Espírito Santo no culto e ajudar você a se encher Dele para que você tenha em sua vida o seu fruto. Quem tem o fruto do Espírito, este é que é feliz. Para tirar toda a dúvida, olhe novamente o que Paulo escreveu em Gálatas 5:22, 23 (sim, é pra você ler).
Como receber o Espírito Santo?
O mundo religioso, por melhor que possa nos parecer, muitas vezes desvia a verdade e os seguidores. A única fonte divina do Espírito Santo está nas palavras de Jesus na sua conversa com Nicodemos:

“Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (Jo 3:3).

Todos nós precisamos nascer de novo, pois só um novo nascimento é que pode nos dar o Espírito. Quando nascemos (fisicamente, da descendência humana e de carne e osso) recebemos a vida o que chamamos de alma. Esta alma é falível. Depois de alguns anos o corpo que a retém se acaba. No percurso alguns acidentes, muitas vezes até provocado, podem também acabar com este vaso de barro. Quando o vaso de barro se quebra, a alma volta para o seu dono: Deus. Num novo nascimento, ganhamos da parte de Deus o poder de sermos feitos filhos Dele:

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” (Jo 1:12, 13).

Note bem que não é o nascimento da descendência, nem físico, mas de Deus. Precisamos nascer de novo da vontade de Deus, um segundo nascimento. Então, se não é do sangue, nem da vontade da carne nem da vontade do homem, que tipo de nascimento é este novo? Jesus também falou sobre isso na conversa com Nicodemos. Nicodemos ficou admirado com Jesus sobre a necessidade de nascer de novo. Sendo um homem já velho, pensou como voltaria ao ventre materno, mas não ficou sem saber:

“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus” (Jo 3:5). Note bem o elemento e a divindade neste novo nascimento: da água e do Espírito. Quem nascer da vontade de Deus na água, recebe o Espírito Santo.

Pedro pregando no início da igreja de Cristo disse:

“Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (At 2:38).

O novo nascimento que Jesus ensinou para Nicodemos era e ainda é o batismo. Batismo é feito em água para uma pessoa que está arrependida da falta do fruto do Espírito na sua vida, e é natural, pois ela não tem o Espírito. Ela quer ter uma vida nova, isto é, o Espírito Santo é esta vida nova. Quem nasce nas águas do batismo, recebe o Espírito Santo. Não tem outra forma de receber o Espírito Santo na vida. Uma pessoa não batizada de conformidade com a Palavra de Deus, não tem o Espírito Santo. O batismo, ao contrário do que se prega por aí na escuridão, salva sim. Leia por você mesmo e deixe que a própria Palavra fale por si (1 Pe 3:18-21).
Ainda não é tudo. Agora que você já tem o Espírito, precisa alimenta-lo em sua vida. Se vivemos em pecado, entristecemos o Espírito que mora dentro de nós (Ef 4:25-32).
Continua no próximo artigo: Uma Vida Cheia do Espírito Santo Parte 2
 

About The Author

Recent Reviews

Recent Comments

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Latest