Selecione a página

Tornem a Doutrina de Cristo Atraente

Tornem a Doutrina de Cristo Atraente

“Quando eu crescer, quero ser como você…”

Esta é uma frase que já ouvimos. O que levaria alguém a olhar para o outro e desejar ser como ele?

Alguém já disse: “A palavra convence, o exemplo arrasta”. De fato, ficamos entusiasmados com um bom discurso, uma oratória, ela inflama, emociona, porém, o exemplo prático fica, não esquecemos.

“Ensine os escravos a se submeterem em tudo a seus senhores, a procurarem agradá-los, a não serem respondões e a não roubá-los, mas a mostrarem que são inteiramente dignos de confiança, para que assim tornem atraente, em tudo, o ensino de Deus, nosso Salvador” – Tito 2:9-10 NVI

RA – “a fim de ornarem, em todas as coisas, a doutrina de Deus, nosso Salvador.”

“Essa roupa combina comigo?”, às vezes alguém pergunta.

“Esta atitude combina comigo?”, é o que precisamos muitas vezes nos perguntar, a nós que fomos comprados pelo sangue precioso de Jesus Cristo.

PAULO FALA AOS ESCRAVOS NO 1º SÉCULO

Falando aos escravos no primeiro século, numa época em que grande parte do Império romano era composto eles, sendo muitos deles cristãos – Paulo está ensinando que por serem cristãos, sua conduta deveria ornar de conformidade.

“Sejam submissos aos seus senhores e procurem agradá-los” – no cristianismo rebeldia é pecado – permitida somente quando o que está sendo exigindo vai contra o ensino de Jesus Cristo.

Por que os escravos deviam agradar ao Seu Senhor?

“Servos, obedeçam em tudo a seus senhores aqui na terra, não servindo apenas quando estão sendo vigiados, visando somente agradar pessoas, mas com sinceridade de coração, temendo ao Senhor. Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor e não para as pessoas, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo” – Colossenses 3:22-24

É algo prático – não respondam, não furtem, mostrem-se pessoas dignas de confiança – não sirvam somente à vista.

Qual o resultado? Você vai ornar, tornar atraente os ensinamentos de Jesus, pois as pessoas não verão apenas as suas palavras bonitas, verão essas palavras aplicadas na sua vida e identificarão você como um seguidor de Jesus e você tornará, através de seu exemplo, os ensinos de Jesus atraentes.

PAULO NOS FALA A NÓS, NO SÉCULO XXI

Graças a Deus não temos escravidão, como do passado…
Você pode responder: “Você não conhece o meu patrão, meu encarregado, meu chefe…”
Pode ser, mas mesmo ele, provavelmente não é como os donos de escravos do 1º século.

Eu trabalho no serviço público e reconheço que é complicado: “Muitos estão ali apenas para receber seu salário no quarto dia útil” – infelizmente há muitos assim que denigrem a imagem do servidor público.

Porém, o trabalhador cristão, o servidor público cristão, deve ser diferente.

– O discípulo de Jesus deve ser excelência no seu comportamento, em tudo, especialmente falando como trabalhador.

– Deve chegar no horário, não pegar atestado de maneira desnecessária, deve estar sempre pronto para colaborar. Eu, por exemplo, tenho 1 hora de almoço, gastei 1:10, aviso que vou compensar e fico meia hora a mais.

Por que? Porque dali tiro “o meu pão de cada dia”, meu salário para sobreviver.

Às vezes surge um serviço extra e precisamos de “voluntários” – há pessoas que sempre colocarão o corpo fora, o discípulo de Jesus deve ser aquele que as pessoas pensam: “em fulano posso contar, ele é colaborativo”.

O ambiente de trabalho às vezes se torna ambiente de fofoca, de se falar mal dos colegas, de se falar mal do patrão, do chefe, dos superiores – o discípulo fiel de Jesus recusará entrar nesses grupinhos.

Livro: A cabana do pai Tomás – um escravo, que morreu debaixo de chibatadas de seu senhor – para muitos um sujeito fraco, para quem lê a Bíblia, um cristão fiel a seu Senhor maior, Jesus Cristo.

Trabalhador – você está sendo observado – e poderá perder oportunidades de mostrar Jesus na Sua vida por causa de atitudes erradas, por seguir a maioria.

TENHO TORNANDO A DOUTRINA DE CRISTO ATRAENTE?

Há certos comportamentos que não ornam com alguém que se declara discípulo de Jesus.

Há certos linguajares que não ornam com alguém que diz ser Jesus o seu Senhor – veja Tito 2:6-9, onde mostra que o seguidor de Jesus deve ter uma linguagem sadia.

Há certas festas que não condizem com um discípulo de Jesus – por exemplo, em certos grupos que se dizem cristãos, há a participação em blocos de carnaval. Tudo o que se refere a carnaval, a festa da carne, não orna com um discípulo de Jesus.

Há certos lazeres que não ornam com um discípulo de Jesus. Devo perguntar antes de participar: “Jesus entrará junto comigo?”

Há certos modismos que não tem a ver com um cristão – tenho falado com alguns jovens sobre fumar narguile, pior que cigarro, algo não torna a doutrina de Cristo atraente.

Sim, você discípulo fiel, vai ouvir as vezes: “Não convida fulano, ele não participa. É crente. Ou, a igreja não permite. Ou, o pastor não deixa!”

É uma acusação falsa – ele não participa porque sabe que não orna com alguém que diz ser seguidor do Senhor. Quando agimos como discípulos do Mestre, podemos até ser criticados, mas um dia quando nosso crítico pensar em levar Jesus a sério terá a você, a mim, que tornamos a doutrina de Cristo atraente, uma referência, não os amigos das baladas da vida.

Há anos não tomo um gole de cerveja. Por que? Não orna com um seguidor do carpinteiro que foi crucificado em seu lugar.

“A roupa que estou usando orna com alguém que se diz seguidora de Jesus?”, deveria se perguntar toda seguidora fiel do Mestre.

“As postagens no meu Face e demais rede sociais ornam com um discípulo do Senhor?”, deve ser nossa pergunta ante de postar ou compartilhar algo.

EXEMPLOS PRÁTICOS DE COMO TORNAR A DOUTRINA DE CRISTO ATRAENTE

“Todo mundo faz corpo mole no serviço, ele não…”
“Todo mundo toma todas após o serviço, ela não…”
“Todo mundo fala mal dos colegas, entra na fofoca do serviço, ele não…”
“Ela é a primeira a ser voluntária num serviço difícil”.

Por que agir desta maneira?
Por que faz questão de tornam atraente a doutrina de Jesus.

E você, meu irmão, minha irmã, através de suas atitudes, tem tornado atraente a doutrina de Cristo? Suas atitudes têm ornado com alguém que confessou Jesus como Senhor absoluto de sua vida?

Se a resposta for, sim, GLÓRIA A DEUS, que Ele continue a utilizar você como instrumento poderoso na salvação dos perdidos.

Se for não, hoje é o dia e todo dia é dia de mudança. Por Jesus, pelo Senhor de nossas vidas.
Que Deus abençoe.

Sobre o autor

Comentários recentes

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Mais recentes