Selecione a página

Sede Sóbrios e Vigiai

Sede Sóbrios e Vigiai

“Mas já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração; tendo antes de tudo ardente amor uns para com os outros, porque o amor cobre uma multidão de pecados” (1 Pedro 4:7,8)

O fim se aproxima! Você está preparado ou preparando-se para o encontro triunfal com Cristo? Com certeza tudo o que vemos será aniquilado e nada ficará intacto na volta do Senhor Jesus (2 Pedro 3:10-12)! Sabemos que este mundo e suas concupiscências, “jaz no maligno” (1 João 5:19); não tem solução a não ser render-se a Cristo.

Na sobriedade encontramos prudência, ou seja, prevenimos e evitamos os perigos que podem nos levar a conhecer e praticar o que não nos convém. Portanto, devemos vigiar e ficar alertas, “acesos”, ligados e em sintonia com nosso Deus através de nossas orações e comunhão com Ele. Não podemos ser pegos de surpresa dizendo: “eu não sabia!”

Lemos e ouvimos diariamente a Palavra de Deus – pelo menos deveria ser assim –, e precisamos colocá-la em pratica em nossas vidas.

“Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos.” (Salmo 119:105)

Devemos nos preocupar em praticar aquilo que aprendemos mesmo que os outros não queiram. Nosso amor para com nossos irmãos deve ultrapassar a barreira do condicional e irmos além tendo um amor ao ponto de dar a nossa própria vida.

“Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos.” (João 15:13)

O porquê desse amor? Amando assim, estimulamos mutuamente uns aos outros a largar o pecado que tanto tenta nos envolver e destruir. Sem este amor, estamos à porta de sentimentos que nos levam a desunião e consequentemente ao pecado.
Ame incondicionalmente!

Print Friendly, PDF & Email

Sobre o autor

Comentários recentes

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Mais recentes