Select Page

Quando Eu Sei Quem Eu Sou

Quando Eu Sei Quem Eu Sou

[avatar user=”Debora” size=”thumbnail” align=”left”]Débora Amaro[/avatar]
Durante o feriado de Páscoa desse ano, participei de um acampamento de jovens cristãos em Curitiba, com o tema: ‘’Eu Não Sou Igual a Todo Mundo’’. Baseado no versículo de Efésios 5:8 que diz: ‘’Porque outrora vocês eram trevas, mas agora são luz no Senhor. Vivam como filhos da luz.’’ Nos foi enfatizado a necessidade de sermos Luz para o mundo, influência positiva para nossos amigos, e como maravilhosamente bem finalizou Paulo na sua palestra de domingo: não nos deixarmos ser influenciados, vencendo as pressões que recebemos diariamente.
E é justamente sobre a palestra do irmão Paulo Rodrigues (Congregação Rebouças) que gostaria de compartilhar.
Contando-nos relatos de lutas pessoais para vencer a pressão dos amigos, Paulo tocou num ponto muito importante e que particularmente, mexeu bastante comigo. O ponto chave que peguei de sua pregação foi:

’Se eu sei quem eu sou, minha atitude não irá mudar, quer esteja eu entre amigos, entre cristãos, com ou sem meus pais.’’

Diariamente, no trabalho, colégio, faculdade, até mesmo na igreja (infelizmente uma realidade), seja você adolescente, jovem ou adulto: as pressões irão surgir. Somos tentados de todos os lados, uma pressão que ás vezes parece sugar nossas forças de persistir. Amigos que nos convidam a eventos, passeios, ou a práticas que não agradam a Deus. Por exemplo: se você é jovem, como eu, provavelmente uma de suas tentações seja voltada a área sexual. Somos incentivados a ‘’deixarmos de ser cafonas ou pagar de santinho’’, a ‘’ficar’’ com aquela moça bonita ou rapaz atraente que lhe fez o convite. Somos tentados a nos sentar na roda dos escarnecedores para não andar sozinhos na faculdade/colégio. Se casados, somos tentados quando o relacionamento não vai bem e nos sentimos sozinhos, somos tentados ao olhar para outros casais e invejar suas vidas bem sucedidas ou a olhar para outra pessoa julgando ser ela a solução: ‘’ele(a) me trata melhor que meu companheiro’’. Se em um relacionamento, somos tentados e pressionados por amigos a ‘’ultrapassar o sinal vermelho’’, a tomar como nosso aquilo que Deus concede apenas aos casados. Recentemente um amigo cristão compartilhou comigo sua luta na área sexual, que acontecia até mesmo no culto, devido a forma como algumas irmãs estavam se vestindo. E a gente achando que essas batalhas só aconteciam ‘’do lado de fora, no mundo’’. Citei como exemplo a área sexual, mas essa é uma dentre tantas. Cada um sabe a luta que trava.
Paulo Rodrigues, após compartilhar suas experiências e desafios que enfrentou, disse: ‘’Se Deus quiser me livrar, amém. Mas se não, terei de enfrentar mesmo assim!’’ Por que ele sabia quem ele era, venceu as pressões no trabalho, e sua boa conduta levou que muitos de seus colegas se convertessem a Cristo!
Em 2015, eu passava a maior parte do meu tempo no CUCA (ambiente aberto para jovens, que fornece cursos gratuitos). Foi o ambiente mais perto da realidade de uma faculdade que vivenciei. Todo tipo de gente, todo tipo de oportunidade que você imaginar, estava lá. E eu tinha a obrigação como cristã, de mostrar àquelas pessoas a diferença que Cristo tem em minha vida, vencendo as pressões de amigos e influenciando. Há alguns meses atrás, mais de 1 ano depois, uma moça que conheci lá, chegou para mim no Instagram perguntando sobre minha fé, ela falou que ‘’notou que eu era diferente das outras pessoas que conheceu lá’’, e foi eu quem apareci em sua mente quando ela pensou em conhecer mais sobre Deus. Como resultado, estudamos a Bíblia pela internet (já que ela está no Nordeste e eu no Sul) e eu tive a oportunidade de falar mais profundamente sobre o Evangelho para ela. Oportunidade que nunca me teria sido concedida se eu ‘’tivesse sido mais uma’’ e esquecido QUEM EU SOU!
O que quero compartilhar aqui é ao mesmo tempo que uma EXORTAÇÃO um ENCORAJAMENTO: Você não está sozinho nas suas lutas diárias! Irmãos em todo lugar passam pelo mesmo e sei que estão dispostos em ouvi-lo e aconselhá-lo, como eu também o estou.

 ”Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos.” 1 Pedro 5:9

Mas uma coisa eles não podem fazer por você: DECIDIR. Decida influenciar, ser diferente e glorificar a Cristo com a sua vida. LEMBRE-SE DE QUEM VOCÊ É:

“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” 1 Pedro 2:9
“Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus”. Mateus 5:16

Quando você sabe quem você é, você age como Cristo, independente de com quem e onde está.
Obrigada, Paulo Rodrigues, por essa tão fundamental e marcante lição que me ensinou. Carrego-a comigo no coração.

About The Author

Recent Reviews

Recent Comments

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Latest