Selecione a página

O Caminho da Felicidade

O Caminho da Felicidade

Se você pudesse se sentar na presença de um sábio, o maior entre os seres humanos, e se ele te dissesse qual o segredo da vida para a felicidade, você aceitaria? Bem-vindos aos pés de Salomão que escolheu a sabedoria e como consequência, recebeu tudo o que uma pessoa poderia querer.

Salomão tem muitos conselhos e a sabedoria dele não pode ser confundida com inteligência. Muitas pessoas inteligentes não são sábias, pelo contrário, se tornam arrogantes. Sabedoria é resultado divino, é eterna, boa e tem bases sólidas. Você pode saber mais sobre o segredo da vida se começar a alimentar sua vida com a leitura. Então vamos às palavras de Salomão sobre o segredo da felicidade:

“Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite. É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera! Não é o caso dos ímpios! São como palha que o vento leva. Por isso os ímpios não resistirão no julgamento, nem os pecadores na comunidade dos justos. Pois o Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição!” (Salmos 1:1-6)

FELIZ AQUELE QUE NÃO SEGUE O CONSELHO DOS ÍMPIOS (V. 1)

A mulher que lê a mão, deveria começar pelas suas próprias. O ímpio sofre as consequências das suas ações e fica cego e já não vê a saída. Ao invés de usar o cérebro, usa os demais sentidos e, principalmente, o sentimento. Procura ser feliz tanto quanto procura a felicidade através do dinheiro, mas acaba encontrando tudo aquilo que não quer: “tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição” (1 Timóteo 6:9).

Como poderiam dar bons conselhos aqueles que estão mergulhados na ruína? Como podem ter seguidores? Mas têm. Como o político corrupto que ainda consegue uma legião de correligionários. Mente descaradamente, diz que confia na justiça, mas está somente fazendo o que lhe é próprio ou obedecendo quem o comanda: o pai da mentira (Jo 8:44).

Não siga no conselho dos ímpios. São eles mesmos os especialistas que somem quando você mais precisa de ajuda. São eles que dizem para você não educar o seu filho como Deus ensina. São eles que dizem que o amor e a felicidade é o que vale quando eles mesmos não conhecem o que é o amor. Chamam coisas abomináveis de amor. São eles que querem matar o feto inocente em favor de um comportamento libertino e até depravado. São liberais, mas estão presos eternamente. Devem, antes, se arrepender dos seus caminhos.

Cuidado igualmente deve ser redobrado com o homem ímpio que se diz religioso e prega as coisas deste mundo como a prosperidade e a satisfação de todos os seus desejos. Eles também estão presos pelo que pregam. Conhecem a verdade para poder mentir com mais propriedade.

Feliz é aquele que não segue o conselho dos ímpios.

FELIZ AQUELE QUE NÃO IMITA A CONDUTA DOS PECADORES (V. 1)

Os frutos revelam que árvore é. A conduta de uma pessoa, até a forma que ela se veste revela as suas intenções e também pecados. Sim, talvez você seja daqueles que defendem que se vestir de uma certa forma não tem nada a ver com o comportamento ou mesmo com o pecado, mas não é isso que a Bíblia diz. Jesus pessoalmente te contradiz quando Ele fala aos seus discípulos que tomem cuidado com aqueles que gostam de se vestir com roupas longas e religiosas:

“Cuidado com os mestres da lei. Eles fazem questão de andar com roupas especiais, e gostam muito de receber saudações nas praças e de ocupar os lugares mais importantes nas sinagogas e os lugares de honra nos banquetes.” (Lucas 20:46)

Numa outra ocasião, o apóstolo Judas fala da contaminação da roupa pelo pecado. Isso mesmo!

“Tenham compaixão daqueles que duvidam; a outros, salvem-nos, arrebatando-os do fogo; a outros ainda, mostrem misericórdia com temor, odiando até a roupa contaminada pela carne.” (Judas 1:22, 23)

Voltando ao assunto, devemos nos afastar daqueles que se conduzem como pecadores. Eles têm ousadia e perderam a vergonha. Alguns se dizem orgulhosos de viver no pecado e conseguem até mesmo proteção da lei e direitos. Assumindo o pecado descaradamente, assinam, por suas condutas, a própria condenação, apesar de religiosos os apoiarem.

Novamente, devemos nos afastar e não imitar a conduta dos pecadores que também são religiosos.

FELIZ AQUELE QUE NÃO SE ASSENTA NA RODA DOS ZOMBADORES (V. 1)

As pessoas gostam de zombar para se aparecer. Zombam do que não entendem e mal sabem que suas palavras e ações os condenam. Seguem a turma ou se escondem atrás de um perfil numa rede social qualquer, pois muitas vezes sozinhos e de frente não teriam coragem nem sequer argumentos para defenderem seu ponto de vista, pois nem sequer têm um. “Seguem a manada” e se assentam na roda dos zombadores. Hoje temos até zombadores à distância, ou seja, virtuais. Não são menos culpados por isso.

Já no tempo dos apóstolos encontramos os zombadores. Zombavam da ressurreição e também da volta de Jesus. Esqueciam propositalmente  que o mundo já acabou uma vez e que a promessa de um novo e definitivo fim é eminente. Zombam para não terem o trabalho de se prepararem, de mudarem de vida e deixar os conselhos dos ímpios, de seguir o exemplo dos pecadores e de seguirem a moda de zombar de tudo (2 Pe 3).

Até mesmo na igreja vamos encontrar os zombadores tentando trazer as questões deste mundo para dentro da igreja e vão trazer divisões. Coisas dos últimos tempos

“Todavia, amados, lembrem-se do que foi predito pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo. Eles diziam a vocês: “Nos últimos tempos haverá zombadores que seguirão os seus próprios desejos ímpios“. Estes são os que causam divisões entre vocês, os quais seguem a tendência da sua própria alma e não têm o Espírito.” (Judas 1:17-19)

FELIZ AQUELE QUE SE SATISFAZ NA LEI DO SENHOR (V. 2)

Finalmente, aquele que procura encontra felicidade na lei do Senhor. Hoje temos a lei do amor que supera e cumpre todas as leis da Lei de Moisés (o Antigo Testamento).

Andam procurando a razão de viver,
Neste mundo mal, querem paz receber.
Fazem seus caminhos pensando em achar
Algo que pra vida valor possa dar

Mas só Jesus pode dar a razão de viver,
Alegria e paz, só Jesus pode dar!
E assim você será bem feliz, em Jesus.

Jesus é a própria felicidade, mas ao contrário do pensamento comum e humano, a felicidade vem por uma cruz a se carregar. Não existe discípulo verdadeiro sem uma cruz nas costas.

Quem se satisfaz na obediência da Palavra de Deus, colherá as recompensas que ela dá já nesta vida 100 vezes mais de tudo o que deixou para seguir o caminho do calvário até o céu. Medite na Palavra de Deus dia e noite. Alimente o seu pensamento e coloque em sua conduta. A palavra alimenta quem nela se satisfaz como uma árvore é alimentada na beira do rio. Como uma árvore que dá frutos e não fica seca, mas só prospera (Salmos 1:3). Já o ímpio, da mesma forma, colhe o que planta. O que se satisfaz com a Palavra prospera.

“Não é o caso dos ímpios! São como palha que o vento leva. Por isso os ímpios não resistirão no julgamento, nem os pecadores na comunidade dos justos.” (Salmos 1:4,5)

Um dia vai acontecer o mesmo que já aconteceu com os seus tataravós e você sabe disso! Onde estão eles? Já devolveram o corpo que lhes foi emprestado e não levaram nada mais do que os frutos que plantaram. Tenham sido bons ou maus. Deus aprova o caminho do justo, mas do ímpio leva à destruição já nesta vida (Salmos 1:6).

Conclusão

Você quer ser feliz? Procure a fonte da felicidade. Está na Palavra de Deus. Sente um vazio que nada preenche? Deixe Jesus morar no seu coração. Hoje mesmo você pode encontrá-lo na Palavra. Ele está perto de você. Hoje Ele bate à porta do seu coração.


CONHEÇA MAIS O PROJETO COLHEITA BRASIL NO VÍDEO ABAIXO

Sobre o autor

Comentários recentes

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Mais recentes