Select Page

Nada é Para Sempre

Nada é Para Sempre


O casal está na frente do púlpito e o pregador lê a sua mensagem. Ele abre espaço para as juras de amor e finaliza para que repitam depois dele:

“Prometo estar contigo na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, amando-te, respeitando-te e sendo-te fiel em todos os dias de minha vida, até que a morte nos separe.”

Até o casamento, que é para ser ‘eterno’, tem um fim. O casamento acaba aqui na terra quando a morte os separa, pois lá no céu ninguém será casado com ninguém. O casamento é uma concessão divina, pois os nossos corpos com os quais selamos as juras de amor, pertencem a Deus e a Deus será devolvido. Talvez esta seja uma boa notícia para quem não se dá bem no casamento aqui na terra. Para os que seguem as filosofias deste mundo “o amor é eterno enquanto dura”. Já entram de ré no casamento e eles mesmos dão um jeito no casamento e não aguardam uma solução divina.
Nada é para sempre aqui nessa vida
As coisas ruins têm um final e as coisas boas também. Suas opiniões são passageiras, sua beleza é passageira, a juventude é passageira, sua situação financeira é passageira, seja ela boa ou má. O que fica para sempre é a Palavra de Deus e o amor Dele. E as consequências das nossas crenças, atos e palavras? Ah, as consequências também podem ser eternas, principalmente se você quis viver uma vida em que procurou amar mais a si mesmo e o que você pensa do que a Palavra de Deus. O amor de Deus não é incondicional, a condição para entrar no amor de Deus, no campo de visão do amor de Deus, é entrar no corpo de Cristo e se tornar um membro deste corpo através de ouvir a razão da palavra, crer, arrepender, confessar, batizar e ser fiel até à morte, aquela mesma que acaba com o casamento e todas as coisas, menos com a alma e os atos que praticamos através do corpo. Quando entramos no corpo de Cristo, devolvemos nosso corpo para Deus e, através dele (o corpo em que ainda vivemos), cumprimos a vontade Dele. Não é fácil, é uma novidade de vida. Precisamos começar do zero, aprender de novo, negar o comportamento antigo e dizer não para nós mesmos.
Mas nada é para sempre. Fazer a vontade de Deus aqui nesta terra também não é para sempre. Então aproveite para fazer enquanto tem tempo porque você terá, obrigatoriamente, que comparecer perante o tribunal de Cristo para responder tudo o que fez ou deixou de fazer através do corpo (2 Co 5:10). Se você usou o corpo para o seu próprio prazer, se você modificou o que deve ser o templo do Espírito para fazer templo do pecado, vai ter que responder por isso. Ah, a vida eterna é para sempre. Seja ela para a salvação das nossas almas porque obedecemos ao evangelho aqui em vida, seja para a justiça de Deus pelo castigo das nossas almas, porque fizemos e que nos satisfazia. Sim, o céu e o inferno são reais e são para sempre.
E o Inferno?
Você já pensou quem é o dono do inferno? Não é satanás, não e ele ainda não está lá. Aproveite que ainda ninguém foi para o inferno, afinal ele foi criado para satanás e seus demônios e não diretamente para nós (Mateus 25:41). Satanás já está condenado e sabe para onde vai. Ele está com tanto ódio, mas desde que não pode atingir a Deus, ele procura convencer você com a filosofia deste mundo. Você é a parte mais fraca de Deus. Você está no pensamento Dele todo tempo o dia todo. Porque Deus amou você tão profundamente que deu Jesus para morrer por você, satanás sabendo que Deus te ama tanto, ataca você, mas Deus te criou forte o suficiente para resistir a tentação e as investidas de satanás, mas se você quer satisfazer os seus próprios maus desejos, então satanás se aproveita disso e te dá uma forcinha (1 Co 10:13; Tg 1:12-15). Para tentar te ludibriar ele tem a audácia de se transformar em anjo de luz (2 Co 11:14). Ele transforma o pecado em politicamente aceito e correto. Estar do lado de Deus é fora deste mundo (chamamos de igreja) e só o você existir, julga este mundo e até os anjos (1 Co 6:2, 3) chega a ser motivo de acusação de falta de amor ao próximo. Mas fique tranquilo, Deus está no controle da situação e isto faz parte do plano Dele… Julgar não é pecado, pecado é condenar.
Olha para a situação política atual, olhe para a situação moral, olhe para a corrupção, olhe para a libertinagem, olhe para os que se dizem cristãos, olhe para os problemas, olhe para os que deveriam ser luz, olhe para o conforto em que vivemos, olhe para as mazelas e misérias, olhe para os que se auto proclamam os salvadores deste mundo tanto os religiosos quanto os que se acham heróis. Talvez você, como eu, pergunte: “Até quando, Senhor?”. Nada é para sempre. Já te disse que Deus tem um plano e Ele vence no final? O plano está indo muito bem! Eu tenho fé e esperança e peço a Deus para eu amar como Jesus me ama.
Vamos contar as bênçãos? Vamos contar quantas elas são, recebidas das divinas mãos? Uma a uma, vamos contá-las todas de uma vez e ver, surpresos, o quanto Deus já fez? Davi, mesmo quando era o escolhido de Deus ainda estava perguntando “até quando”. João, mesmo sendo o mais dos amados de Jesus, sabendo que Ele tem a vitória no final, vê as almas perguntando “até quando” (Ap 6:10). Tudo isso passou e agora, estamos numa situação priviligiadíssima e podemos ver, como se estivéssemos no alto da montanha, olhando para trás, tudo o que Deus já fez e olhando para o futuro, tudo o que Deus fará.
Ainda restam, graças a Deus, a fé, a esperança e o amor. E o resto? Nada é para sempre…

About The Author

Recent Reviews

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Latest