Select Page

Alimenta o Meu Rebanho

Alimenta o Meu Rebanho

“Pela terceira vez Jesus lhe perguntou: Simão, filho de João, tu me amas? Pedro entristeceu-se por ele ter lhe dito, pela terceira vez: Tu me amas? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes de todas as coisas, tu sabes que eu te amo. Jesus lhe disse: Apascenta as minhas ovelhas” João 21:17

Os apóstolos de Jesus tinham vivido uma semana terrível: traição, prisão, condenação, morte e sepultamento de seu Mestre.
Uma semana seguida por outra bem diferente: notícias de que o corpo de Jesus não estava mais no túmulo e, finalmente, a certeza da ressurreição do Senhor.
No texto acima vemos os apóstolos voltando ao seu antigo ramo, a pesca e, como Jesus lhes aparece e realiza o segundo milagre da pesca maravilhosa, como estudado na lição em Lucas 5.
Deve ter produzido em todos, especialmente no apóstolo Pedro, uma emoção nova, um sentido novo para a vida. Após saborearem os peixes pescados, Jesus, com sua pergunta tríplice, faz Pedro reafirme-lhe seu amor a Ele acima de todos.
A ordem final é: “Você me ama? Então, cuide, apascente as minhas ovelhas.”
Quando pensamos em ser pescadores de homens, em ver o aprisco de Jesus repleto de novas ovelhas, precisamos entender que a ordem de Jesus a Pedro é extensiva a nós: cuidar de suas ovelhas.
Queremos, sim, ver a igreja crescendo em números, mas também precisamos assumir nosso papel de alguém que vai colaborar no que a Bíblia chama de “uns aos outros” (59 vezes no Novo Testamento), ou seja, cuidar, amar, corrigir, incentivar e honrar.
Para isso é importante fazer parte de um grupo no reino, ou seja, ter 5 pessoas em quem confiamos, um parceiro de oração e, assim, estarmos prontos para nos auxiliar e ajudar os novos convertidos a crescerem no Senhor, cumprindo assim nosso papel de “ensinar-lhes todas as coisas que Jesus nos ensinou.” (Mateus 28:20).

About The Author

Recent Reviews

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Latest