Select Page

A mulher de Ló

A mulher de Ló

Ela é uma daquelas mulheres que pouco se sabe sobre elas na Bíblia. Sem nome e história, a não ser por um único fato: OLHOU PARA TRÁS E VIROU ESTÁTUA DE SAL. Esse é o resumo descritivo da mulher de Ló. Quando alguém se lembra dela para fazer parte de uma trívia bíblica, essa é a pergunta mais óbvia: quem olhou para trás e virou estátua de sal? Resposta: Dona Ló!
Não sabemos se ela saiu de Ur com Ló quando Deus chamou Abraão (ainda Abrão) para seguir para a terra que Deus mostraria (mais provável), ou se ela casou depois, durante a jornada que fizeram. Mas sabemos que eles eram casados e tiveram duas filhas e moraram em Sodoma.
Há um versículo bíblico que diz que pelos frutos conhecemos a árvore (Lucas 6.44) . A julgar pelas filhas-frutas de Dona Ló, ela e o marido não eram uma árvore lá muito boa.
Quando lemos o relato da destruição de Sodoma e Gomorra em Gênesis 19, vemos um Ló inconstante. Ora querendo salvar os homens (anjos) que estavam hospedados em sua casa e ora resistindo em sair e fugir. Sua procrastinação foi tamanha que os anjos os tiraram, ele e a sua família, á força (versículo 16) e não só isso, Ló não quis ir para onde o anjo mandou que ele fugisse, quis ficar mais perto. Tudo isso indicava uma resistência muito grande em obedecer ordens embora ele soubesse que eram ordens diretas de Deus e reconhecesse que ali estavam anjos do Senhor para livrá-los da morte e da destruição.
Os rapazes que se casariam com as suas filhas pereceram porque não quiseram ir. Perderam a saída da vida. Ló e sua família saíram, entretanto sua esposa olhou para trás. Interessante que essa esposa estava “oculta” todo o tempo. Ela aparece apenas nesse momento, andando junto com a sua família e, de repente…
O que ela queria ver? Essa pergunta talvez só ela possa responder. Um apego ao que deixara? Sua casa, talvez? Ou sua vida antiga? Ou ainda se o que Deus dissera, realmente, iria acontecer?
Sua atitude determinou sua morte. Sua morte, se não determinou facilitou, que suas filhas se deitassem com o pai e fizessem surgir dois povos dos mais abomináveis na bíblia: Os Moabitas e os Amonitas.
ENSINANDO AS MAIS NOVAS:
Antes que você jogue um balde de água e desfaça a Dona Ló em uma pocinha salgada eu quero lhe alertar para duas coisas que a história dela pode lhe ensinar:
1- Não se apegue ao mal. As coisas más deste mundo perecerão um dia. Se você estiver apegada vai perecer junto. A atitude da Dona Ló não teve nada a ver com as atitudes do marido dela. Ela escolheu olhar para trás. Somente ela pereceu.
2- Se o mal está no seu passado, continue andando e subindo em direção às montanhas. Não olhe para trás. Pelo sangue de Cristo você se tornou nova criatura, as coisas antigas já passaram!

About The Author

Recent Reviews

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Latest