Select Page

A igreja Precisa Ter Objetivos

A igreja Precisa Ter Objetivos

Na minha opinião já passou a hora em 2018, mas não custa nada perguntar: Quais os objetivos da sua Congregação? Se, por acaso, você não sabe é porque não te disseram ou porque não tem, como todo ano?

Poucas Congregações têm objetivos, nem sequer renovam os objetivos deixados por Jesus, não que precisemos de novos, mas precisamos ter objetivos que a Congregação local consegue alcançar. O objetivo universal que Jesus deixou se faz acontecer pelos objetivos da Congregação local. Jesus disse para ir ao mundo e pregar o evangelho a toda criatura e isso acontece onde a igreja está. Por exemplo: quantos batismos a Congregação local pode alcançar em 2019? Quantas pessoas a Congregação terá no culto dominicalmente? A resposta a esta perguntas, que são os os objetivos locais, respondem o objetivo global e universal de Deus.  Os objetivos se tornam em plano de trabalho. Não se trata de bater a meta, não me ofenda! A igreja não é uma franquia, não é um negócio… é uma vida com propósito!

Os objetivos divinos precisam ser renovados assim como renovamos a aliança a cada domingo no culto através da ceia e todos os atos que realizamos. Temos que fazer de forma consciente e não deixar ‘a vida nos lear’ como se estivéssemos dando murros no ar. Aprendemos dos primeiros discípulos de Jesus que devemos fazer tudo com propósito. Admitindo que, nem sempre sabemos a vontade de Deus e, Ele, se quiser, vai nos impedir para o bem da igreja como Ele fez com seus discípulos no começo.

Objetivos fazem com que a Congregação se una, trabalhem juntos e realizem no seu universo os sonhos de Jesus para o mundo. Também têm a função de não perder o foco, pois é muito fácil a igreja começar a fazer ações sociais e esquecer da sua missão. Sim, claro, a igreja pode fazer ações sociais, mas esta não foi a missão que Jesus deixou para os seus discípulos. Devemos fazer o bem, mas sempre lembrando que não tem maior bem do que compartilhar o evangelho.

Uma igreja Sem Objetivos

Deus nos conhece muito bem e Ele sabe que esquecemos facilmente das coisas, inclusive coisas importantes, por isso Ele deixou tudo escrito para que, se esquecermos, possamos ser lembrados sem deixar dúvidas. Uma igreja que não renova a sua missão toda semana, logo se esquece do que precisa fazer e os resultados negativos aparecem com rapidez, ou melhor, a falta de resultados. Sim, a igreja precisa de resultados ao que chamamos de crescimento. Sim, a igreja precisa de crescimento. Batismos, almas salvas é o objetivo maior da igreja, sim!

Uma igreja sem objetivos foca nos problemas que ganham força e importância e a igreja, que deveria ser a solução dos problemas da humanidade, se torna um deles, sem fé, esperança e amor. Por isso, precisamos renovar o objetivo de Jesus assim como renovamos a santidade.

Quais Objetivos?

Novamente lembrando que não são objetivos novos, mas parte do objetivo maior que podemos perder de vista por causa da falta de objetivos Congregacionais, afinal fazemos parte da igreja, o corpo de Cristo. A vida da igreja local é como uma peça de um quebra-cabeças, como membro de um corpo, como um grão de areia na praia de Deus.

Tudo o que fizermos, seja em palavra ou ação, devemos fazer em nome de Jesus. Talvez não esteja escrito explicitamente na Bíblia que devemos fazer e dar o melhor para Deus, ah, está? Sim, está escrito explicitamente que devemos dar o melhor para Deus. Alguém duvida ou discorda?

Deveríamos ter objetivos de ter melhores pregações e pregadores, melhores regentes, melhorar a experiência do culto para os que estão visitando, ter melhores regentes, melhores aulas dominicais, uma frequência surpreendente, um lugar incrível, melhores ofertantes, ser menos críticos, mais construtivos, etc. Estes dois últimos ítens tirei da experiência de que se nós sugerimos que devemos melhorar, logo encontramos aqueles que dizem que não precisamos mudar nada, que tudo o que fazemos é bíblico, etc… esta retórica é parcialmente verdadeira, mas não é tudo. Nossa justiça, disse Jesus, deve exceder a dos religiosos e, convenhamos, estamos perdendo em dar o melhor para Deus para aqueles que fazem da fé um comércio.

Conclusão

Vou parar por aqui, pois meu objetivo é só lançar uma semente de um fruto bom que podemos colher no futuro. Eu sonho ver a igreja de Cristo brasileira como um modelo citado e a ser seguido. Eu sonho que sejamos a referência em cânticos vocais, em mensagens poderosas e bíblicas, em união, em espírito, exemplo da igreja como a igreja restaurada, aquela igreja que Jesus planejou e por ela morreu. Venha sonhar junto comigo para que possamos fazer realidade.

About The Author

Recent Reviews

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Latest