Selecione a página

A Família Como Reino de Deus 4ª Palestra – “Conte para os seus…” (Marcos 5:1-20)

A Família Como Reino de Deus 4ª Palestra – “Conte para os seus…” (Marcos 5:1-20)

INTRODUÇÃO

“Vá para sua a sua casa, para os seus parentes, e conte-lhes tudo o que o Senhor fez por você e como teve compaixão de você.” – Marcos 5:19b

Há cerca de 1 mês um milagre aconteceu na igreja nos Pimentas; o novo nascimento do jovem Mateus, de 16 anos. Nascido numa família de discípulos de Jesus, desde criança Mateus ouvia de seus pais as histórias sobre Jesus e como a família era abençoada por seguir o Mestre.

Através das famílias, Jesus deseja ver o seu reino expandido. Na Bíblia temos muitos bons exemplos: Priscila e Aquila, Filemo e Arfia, Lóide e Eunice, dali saindo o gigante na fé Timóteo. Deus pode fazer maravilhas através de corações que são verdadeiramente dele.

Porém, nem todos foram criados num lar cristão. A maioria das pessoas aceita se aproximar de Jesus quando está vivendo uma crise na sua vida. No meu caso, aos 14 anos, vivendo a crise da adolescência, começava a fazer bobagens quando me aproximei de Jesus. Graças a Deus muito sofrimento que jovens vivem longe de Deus sofrem eu não passei porque a partir dos 15 anos já estava seguindo Jesus.

I – O ENDEMONINHADO GERASENO

A história do endemoninhado geraseno representa bem a vida de muitas pessoas sem Jesus. Aquele homem andava nu, vivia em cemitérios e o versículo 5 diz que ele vivia gritando e ferindo-se com pedras.

Quantas pessoas, hoje em dia, andam, na busca do prazer, de serem felizes, ferindo-se a si mesmas. Vejamos alguns exemplos:

Aquele jovem depois de uma noite na balada com muita bebida, começa a sentir as consequências dos seus atos…

Aquela mulher, depois de 3 casamentos, com marido um mais violento que outro, entra na delegacia da mulher tentando ser amparada…

Aquele empresário de sucesso que trabalho 14 horas por dia, mas em troca perdeu seus filhos para as drogas e sua mulher….

Aquela família em frangalhos, onde não há mais diálogo, muitos ressentimentos, chega aos pés de Jesus e o Senhor começa o processo de cura em suas vidas…

Aquela mulher viciada na ira, aquelo homem viciado na fofoca e em falar mal dos outros…

A alma é tão profunda que nada é capaz de preenche-la. Somente alguém tão grande como Deus para preencher o vazio de uma pessoa.

II – A FORÇA DO EVANGELHO NA VIDA DE UMA PESSOA

Depois de ser curado por Jesus, o versículo 15 mostra um homem em perfeito juízo, não mais dominado por demônios, rendido aos pés de Jesus.
Este é o grande objetivo de Deus para toda pessoa, para toda família, levar todos a se renderam ao senhorio de Jesus (2 Coríntios 10:5).

Além de rendido, aquele homem queria seguir para onde quer que o Senhor fosse. O versículo 25, citado no começo deste texto mostra a ordem de Jesus: “vá, conte aos seus parentes tudo de bom que Deus fez com você” (paráfrase minha)

Quando encontramos o Senhor, somos libertos, queremos estar com Ele. Assim, estar reunido com os irmãos, seja no culto dominical, na Escola dominical, em encontros informais, sempre é um desejo de nosso coração.

Ao querer Deus, queremos também estar com pessoas que amam a Deus e também estão buscando o Senhor.

Mas queremos mais, passamos a ter “fome e sede de justiça” para que a vontade de Deus prevaleça não somente em nossas vidas, mas na vida de todas as pessoas que se aproximam de nós. É interior o reino de Deus, o governo de Deus é dentro de cada um de nós (Lucas 17:20).

Assim, passamos a viver ativamente cada minuto representando a Jesus. Gastamos tempo na divulgação do reino – ver pessoas renascendo para Jesus passa a ser a nossa maior alegria.

“Vai e conta aos teus o que o Senhor fez na sua vida…” Isto acontece:

Quando gastamos sola de sapato, tempo, dinheiro, nossos bens na busca do perdido…

Quando o casal sai de casa e deixa filho para atender alguém que necessita…

Quando o filho sabe que a casa está sempre aberta para receber pessoas que sofrem sem Jesus…

Quando a igreja não é real somente no prédio de nossas reuniões, mas na casa de cada pessoa que fez de Jesus seu Senhor. Ali Jesus reina plenamente através das atitudes de cada membro.

CONCLUSÃO

Vamos ganhar primeiro nossos familiares para Jesus.
E depois, vamos fazer de nossas famílias um agente poderoso na expansão do reino de Deus aqui na terra.((Nota: Esta palestra faz parte de uma série de palestras ministradas no Acampamento da Família da igreja de Cristo em Guarulhos, Centro, nos dias 12, 13 14 de outubro de 2018.))

Print Friendly, PDF & Email

Sobre o autor

Comentários recentes

Comentários

Veja Isso Também

A Arte da Pregação, Crescimento da Igreja, Evangelismo, Grupos Pequenos, Ministérios, Música Vocal

Mais recentes