Tive Relação no Namoro. E agora?

0
17

“Estou namorando e a intimidade está começando, o que fazer?”
“Estou namorando e tive relações sexuais. O que devo fazer agora? Não gostaria de terminar o namoro.”
“Sou solteiro e independente e tenho desejos sexuais, quando saio com uma garota, no final sempre tenho relações sexuais. Como dizer não?”
“Sexo, como se arrepender de uma coisa tão boa e ao mesmo tempo tão errada?”
“Tive sexo oral com meu namorado, mas ainda sou virgem. Terminamos o namoro e não consigo tirar essas lembranças da cabeça, como posso ser forte para vencer isso e não repetir esse comportamento?”

Estas foram algumas perguntas que ouvi e respondi de alguns jovens no livro Mesa Redonda. Estas perguntas retratam a pura e crua realidade dos jovens na igreja. Enquanto a igreja não instrui os seus membros sobre sexo através de uma instrução mais didática da vida espiritual, muitas dessas histórias vão continuar se repetindo e, a maioria das vezes, nunca vamos ficar sabendo. Este artigo não tem a intenção de responder todas as perguntas acima, mas pode te ajudar a pensar sobre o assunto e lutar em prol da pureza.

Você que conheceu Jesus, teve fé na Palavra, deixou a fé tomar conta das suas atitudes e obedeceu ao evangelho, talvez você se sinta sujo, barato, quebrado, envergonhado por se chamar de ‘cristão’ e ter caído no pecado 1)Prefiro a palavra discípulo, pois qualquer um hoje é cristão. O Brasil é um país cristão e vemos as atitudes e opiniões contrárias às vontades de Cristo. O cristão crê em Jesus. Discípulo, ao contrário de cristão, tem fé em Jesus, levanta-se e segue obedientemente.. Você passou a usar o nome de Cristo como seu sobrenome espiritual e agora você sente que manchou o nome de Cristo por causa da sua paixão momentânea e fraqueza. Você não conseguiu se segurar e deixou o momento te levar, pior, além de sentir que sujou o corpo em que Cristo e você habitam juntos, você também tirou proveito do corpo alheio também pertencente a Cristo.

O mundo olha e conta como vantagem. Contam na contabilidade sexual as tantas experiências que têm. Se você se sente com a consciência pesada, isto é bom sinal. Afinal, você não está feliz consigo mesmo e suas atitudes. Você talvez não tenha notado, mas já deu o primeiro passo:

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2)

A Vontade de Deus

Poucas passagens nos dizem diretamente qual é a vontade de Deus, mas uma delas é exatamente a que trata de pureza sexual. Não importa a sua idade e o seu passado, Deus quer que você seja como Ele é: puro.

“A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o próprio corpo de maneira santa e honrosa, não com a paixão de desejo desenfreado, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique a seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Espírito Santo.” (1 Tessalonicenses 4:3-8)

Leia e releia a passagem acima. Você vê os ensinamentos contidos nela que Deus quer que sejamos santos (puros) sexualmente. Devemos administrar o corpo em que vivemos e não seguindo as paixões carnais como se não conhecêssemos a Deus. Não devemos tirar proveito do corpo de outras pessoas e Jesus pessoalmente vai castigar estas práticas. Se ignorarmos de propósito isso, estaremos rejeitando a Deus que nos dá o Espírito Santo.

Deus dá valor ao seu corpo e quer habitar nele através do Espírito Santo, por isso o batismo é tão importante, pois é através do batismo que nós abrimos nossos corações para morada do Espírito (At 2:38). Depois do batismo é uma luta, mas Deus nos capacita com forças para que nós possamos ser puros:

“Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.” (Romanos 8:13,14)

Bem, esta parte é só pra lembrar ou ensinar o conceito de pureza, corpo como templo do Espírito Santo e a luta contra o pecado.

Os Tropeços

Porém, vivendo neste mundo, nem sempre conseguimos viver no Espírito. Somo, sim, influenciados pelo que entra de fora para dentro. Pelo que ouvimos, pelo que vemos e pelo que tocamos.

Precisamos tomar a atitude certa e se sua consciência está pesada, você já está no começo do caminho para a santidade. A atitude certa não é apenas ter remorso e chegar à conclusão que todo mundo faz isso e nem por isso morre e, já que é assim, vamos viver em pecado. Isto é suicídio espiritual. Foi este o caminho que Judas tomou. Ele não esperava que Jesus fosse condenado, mas quando viu o que aconteceu, foi tomado pelo remorso, devolveu as 30 moedas de prata e foi enforcar-se (Mt 27:1-5).

Precisamos olhar para Jesus, nos arrepender realmente e voltar ao caminho na luta contra o pecado sabendo que a luta só acaba com a morte. Você precisa saber que vai ser tentado muitas outras vezes e precisa também tomar a decisão agora de como vai agir. Pedro negou a Jesus e, enquanto estava negando pela última vez, viu Jesus olhando para ele (Lc 22:60-62). Alguns dias depois ele estava pregando o arrependimento dos pecados e levou quase três mil ao batismo (At 2:41).

Arrependa-se e mostre frutos dignos de arrependimento quando for tentado por sua cobiça. Certamente você vai querer ter relações sexuais novamente. Desejo não é o problema, o problema é não agir corretamente quando for provado. Não permita que a provação se transforme em tentação e queda no pecado. Sexo é uma concessão que Deus faz no casamento, pois os nossos corpos pertencem à Ele. Então, se você não tem uma união abençoada por Deus onde um homem e uma mulher, buscando ser puros, casam-se perante o Senhor para fazer o outro feliz, será abençoado tal laço de amor. Não busque casar-se para satisfazer suas necessidades, mas para satisfazer, em primeiro lugar, ao Senhor através do cônjuge.

Como Se Sentir Puro Novamente?

A vergonha e o peso na consciência e tantas outras sensações é criação de Deus para nos afastar da condenação. Não se trata apenas de sentimento, pois os nossos sentimentos nos traem. Trata-se de fatos. Quem teve uma relação fora do ambiente do casamento, está impuro e deve buscar a pureza novamente. O processo é o mesmo se você já foi batizado. A seguir são algumas sugestões para colar em prática, não são mandamentos explicitamente bíblicos, mas com base em conceitos bíblicos. Não é um ritual…

1º Passo: reconheça em que você errou. Seja bem específico e reconheça o caminho que te levou até o pecado para que você se prepare para não trilhar o mesmo caminho. Pedimos para Deus não nos deixar cair em tentação, então não trilhemos o caminho da tentação.

2º Passo: arrependa-se sinceramente. A única forma de se arrepender e ser sincero é não voltar a fazer a mesma coisa. Procure não seguir a rotina que leva ao pecado, mas a rotina que leva à santidade.

3º Passo: Ore a Deus e peça perdão. Escreva a sua oração para que ela fique bem clara para você. Só uma dica e não um mandamento.

4º Passo: Peça perdão para a pessoa envolvida. Assim como qualquer pecado, devemos pedir perdão também para quem ou com quem pecamos.

5º Passo: Confesse seu pecado. A oração, sim, perdoa pecados, mas um ensinamento muito importante ignorado é orar juntos. A oração com alguém e ou por alguém, envolvendo um justo, tem muito maior eficácia (Mt 18:20; Tg 5:16). Se for confessar o seu pecado e quiser falar o que exatamente você fez, é bom procurar uma pessoa justa que vai contar só para Deus e não para todo mundo denegrindo a sua reputação e caráter e das demais pessoas envolvidas. Afinal, você está pedindo ajuda e não querendo fazer propaganda do pecado.

Conclusão

Infelizmente num artigo não consigo abordar tudo o que é necessário ser falado sobre o assunto e estou correndo o risco de até ser mal interpretado pela brevidade. Minha intenção neste artigo não é mesmo falar tudo o que pode e deve ser falado, mas abrir espaço para considerar os ensinamentos de Deus para a sua vida.

Você, certamente, poderá dar passos largos com a Palavra de Deus plantada no seu coração. Leia a Bíblia todos os dias e procure viver uma vida cheia do Espírito Santo para que o pecado não tenha lugar na sua vida. Você continuará tendo desejos sexuais e eles são necessários e bons, mas você deve aprender a administrar a bênção de ter corpo e alma, dom de Deus.

Em toda esta brevidade neste artigo, procure agradar ao Senhor e Ele trará satisfação para a sua vida. Pratique a abstinência sexual em respeito ao Senhor Jesus. Se tropeçar, levante e comece de novo buscando a pureza que só Ele pode te dar.

References   [ + ]

1. Prefiro a palavra discípulo, pois qualquer um hoje é cristão. O Brasil é um país cristão e vemos as atitudes e opiniões contrárias às vontades de Cristo. O cristão crê em Jesus. Discípulo, ao contrário de cristão, tem fé em Jesus, levanta-se e segue obedientemente.