Salmo 100 – Adorando a Deus coletivamente

0
60

O título original do livro de Salmos, em hebraico tehilim, significa cântico de louvor. É um título apropriado, uma vez que dos 150 salmos, mais de 80 se referem a louvor e ação de graças.
No meio desses mais de 80, quero falar sobre o salmo 100, cantado enquanto o povo de Israel entrava no templo e nele tirar algumas lições para nós que desejamos adorar nosso Pai em espírito e em verdade:

Vs. 1 – “Celebrai com júbilo ao Senhor todas as terras” – adorar é ficar maravilhado com o Deus que temos. O salmista deseja contagiar toda a terra com sua alegria, pois conhece seu Deus. No culto dominical, em especial, podemos contagiar uns aos outros com a maneira alegre como cantamos.

Vs. 2 – “Servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico” – novamente o salmista fala de sua alegria em servir. Só é possível demonstrar essa alegria no culto dominical quem, durante a semana, vive de conformidade com a Palavra de Deus. O culto de domingo é apenas uma continuação.

Vs. 3 – “sabei que Senhor Deus; foi ele quem nos fez e dele somos; somos o seu povo e rebanho do seu pastoreiro” – é o motivo para louvar a Deus. O salmista se refere a Deus como Jeová, aquele que cumpre todas as Suas promessas. Ele é fiel para isso. Deus é criador de toda a humanidade. Mas, para que o serve, Ele também é Pastor (protetor, guia e disciplinador).

Vs. 4 – “Entrai por suas portas com ações de graças e nos seus átrios com hinos de louvor; rendei-lhe graças e bendizei-lhe o nome” – era um momento de muita emoção passar pelas portas do templo, sabendo que ali a presença de Deus era de uma forma toda especial. Só restava ao salmista reconhecer o quanto o nome de Deus deveria ser louvado. Hoje temos motivo ainda maior para louvar a Deus, pois somos templo de Sua morada, habitados pelo Espírito Santo.

Vs. 5 – “Porque o Senhor é bom, a sua misericórdia dura para sempre; e, de geração em geração, a sua fidelidade” – até aqui o salmista nos mostrou a maneira para adorar a Deus. Neste versículo, o motivo: Ele é bom, cheio de misericórdia. Quanto mais tempo temos de vida cristã mais podemos reconhecer esta verdade. Deus nos abençoa muito mais do que pedimos ou merecemos.Adoração a Deus é estilo de vida, é admirar o grande Senhor que temos. No culto dominical adoramos coletivamente como no salmo 100. Ela só será verdadeira quando for o reflexo de uma semana inteira vivemos como adoradores do bondoso Deus que temos.