O EVANGELHO TE EMPOLGA?

0
15

Você ama a Jesus? O que o(a) levou a decisão de ser batizado para remissão dos pecados?

O primeiro passo para se ter um coração que queima pelo Reino de Deus é o entendimento de por que fazemos o que fazemos e somos o que somos. Se você se encontra hoje desanimado com a igreja, acha tudo muito monótono, não te empolga conhecer a Deus através da Sua palavra, nem estar em comunhão com os irmãos, então sente aqui, vamos conversar! Se você quiser resolver esse problema, é preciso que tenha humildade para responder a algumas perguntas, e você estará hoje dando um enorme passo!

Pense sobre isso e responda a si mesmo: Eu amo a Jesus? Por que eu O amo? O que eu entendo sobre o que aconteceu na Cruz? Eu sei por que ceiamos todo domingo? Como está a situação espiritual daqueles que estão longe de Deus? Já parei pra pensar que Deus me planejou e me criou de maneira singular? Já parei pra conhecer a mente de Deus e o o quanto Ele me ama, além do que ouço falar!?

Temos uma promessa encorajadora em Efésios 2:10 que diz ”Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos”.

Deus criou a cada um de nós para cumprir Seus propósitos! Fora de Cristo estamos caminhando bem longe desse plano, mas nEle, como cristãos e igreja do Senhor, estamos APTOS para realizar boas obras! Isso não te empolga? Saber que Deus já colocou ao seu alcance tudo o que precisa para Servi-lO!? 

Parece mais fácil ficar no nosso canto observando os erros de irmãos, do que levantar e agir? Se passarmos toda a vida cristã acomodados, apontando o dedo, nunca seremos cristãos de verdade! Pense na sua inquietação, aquilo que te inquieta e incomoda na igreja. Pensou? Se você percebeu isso e isso te incomoda, você está sendo chamado pra mudar essa situação! Deus te criou para realizar as boas obras em favor do Reino dEle! Isso não te empolga!? Saber que o Criador conta com você!?

Meu irmão, eu e você precisamos fixar os nossos olhos em nosso Amado Jesus! Nele, mesmo que tudo esteja remando ao contrário, descobrimos diariamente incontáveis razões para sermos contentes, gratos e apaixonados pelo Reino de Deus! Como Jeremias (20:9), deseje amar tanto a Deus que a ideia de ficar quieto e calado, seja perturbadora pra você!

 Mas, se eu digo: “Não o mencionarei nem mais falarei em seu nome”, é como se um fogo ardesse em meu coração, um fogo dentro de mim. Estou exausto tentando contê-lo; já não posso mais!

Que seja nossa oração: Pai, não me deixe amar mais á minha vida que a Tua vinda! Pai, abre os meus olhos para ver de onde Você me tirou e para onde me trouxe: ao Reino do Teu Filho Amado! Pai, preenche os vazios do meu coração, que eu estupidamente tento preencher com as coisas deste mundo! Senhor, abre meus olhos pra enxergar os detalhes do Teu amor! Pai, arranca do meu coração aquilo com a qual eu me sacio, se essa fonte não for o Senhor! Pai, ajude-me a olhar o meu irmão como Você olha pra ele! Pai, me ajude a levantar e puxar o bonde da Tua obra na minha congregação! Pai, eis-me aqui, usa-me Senhor! Eu quero Te servir! Quero que o fogo e o zelo pela Tua Palavra consumam cada pedaço de mim e não me deixem ficar quieto e nem calado quanto a maravilha do Teu Evangelho!

Meu amado irmão e minha amada irmã. Deus anseia pelo relacionamento com a gente! Se até hoje você não criou esse hábito, termine de ler esse texto e vá para o seu quarto, encontre o Seu Amado na Palavra, converse com Ele em oração, exalte-O como Ele é digno, através do Seu louvor, e decida ser um servo apaixonado e fiel pelo Seu Senhor.

Meu amado irmão e minha amada irmã. Há tanto a ser feito na Sua igreja! Há tantas pessoas a serem alcançadas fora dela. Decida hoje não ficar mais calado, converse com seus amigos sobre Jesus. Convide seus vizinhos para um grupo de casa. Aja como um cristão, aonde quer que Deus tenha te colocado, a começar no seu lar, e assim no trabalho, estágio, faculdade, escola, igreja.

Eu desejo e termino esse texto em oração, pra que ao pensar sobre todas essas coisas, você não exite em responder:

SIM, O EVANGELHO ME EMPOLGA!