Você é um Cristão ou um Gato?

Lembrei de um gato que frequentava a congregação do Jabaquara em São Paulo. Ele estava lá todos os encontros e nunca faltou a um culto. Até que um dia ele não chegou mais. Presumimos que o gato tenha morrido para não ter voltado mais. Numa conversa informal, um irmão falou em tom meditativo:

  • É, aquele gato era mais fiel do que eu…

Não sei se ainda a gíria para dizer que um homem é bonito é chamá-lo de ‘gato’. Talvez alguns irmãos na igreja sejam bonitos mesmo, mas isto não salva ninguém, pois Deus verá o coração e não a aparência. Não podemos ser discípulos de Jesus só de aparência. Você, é um discípulo fiel ou um gato? Ah, e gato não é nada fiel, não é? Ele pensa que é o seu dono e não você o dono dele. Ele pensa que a casa é dele e você é o hóspede ou intruso. Ele te traí inesperadamente e arranha até as crianças. Ele te ignora quando você mais precisa. Na verdade não sei o que o gato pensa, mas isso que ele deixa transparecer por seu comportamento. A atitude arrogante dele fala. Ele só te usa para fazer carinho nele. Então, pode ser uma analogia bem interessante para definir alguns cristãos por aí mesmo que buscam na religião somente os seus interesses.

Certo dia um gato percebeu a porta da igreja aberta e entrou. Gostou do ambiente tranquilo, lugar parecia-lhe de paz, não havia gritos. Os cânticos soavam bem aos seus ouvidos. Ao término das reuniões, todos o acalentaram e faziam carinho nele. Ah como ele se sentiu bem ali.

Na semana seguinte ali estava ele, e na outra também, e na outra…. não perdia um culto, e assim passou a estar presente em quase todas as reuniões. Então perguntamos: ele é um Cristão dedicado?

Vejamos:
O Gato faz orações: NÃO
O Gato faz leitura da bíblia? NÃO
Gato prepara as reuniões? NÃO
Gato comenta nas reuniões: NÃO
Gato vai ao campo? NÃO
Gato faz estudos bíblicos? NÃO
Gato tem estudo em família? NÃO
Gato vai aos congressos? NÃO

Então voltamos a perguntar: O Gato é um cristão dedicado? Com certeza agora já tem a resposta, então devemos perguntar a nós mesmos. Sou um Cristão dedicado ou apenas um gato nos cultos?

Pra você não ficar vivendo de aparências, tem que orar, ler a Bíblia, ir pronto para ouvir a palavra de Deus, trabalhar para trazer seus vizinhos e parentes para a igreja, estudar a Bíblia por si mesmo e participar dos eventos da igreja. Além disso, tem que adorar a Deus em verdade e em espírito e não só de aparências.