Sonhe e Faça Planos

Por que você faz o que faz? Isto é: você tem uma profissão, uma atividade ou talvez não tenha. Você está fazendo o que gosta? Você tem prazer de levantar de manhã e enfrentar o frio? E que tal o sol convidativo lá fora? Como sente ao ter que ficar onde está fazendo o que faz?

Muitas pessoas estão insatisfeitas com o que estão fazendo e sentem que fazem o que fazem mais por acaso do que por escolha. A vida foi levando e lá está você fazendo o que está fazendo. Ouvimos muita gente sem objetivo cantando: “Deixa a vida me levar, vida leva eu… sou feliz e agradeço por tudo o que Deus me deu” diz a música. Mas o que você tem e o que está fazendo foi o que Deus lhe deu ou o que a vida lhe deu por causa da necessidade ou obrigação, isto é, foi o que lhe sobrou em consequências de falta de esforço? Claro que devemos estar agradecidos, mas que tal estar feliz e realizado? Isto é mais questão de escolha do que de consequências.

Não sei quantos anos você tem, mas o que vai agradecer daqui a 3, 5, 10 anos ou quando você tiver 30, 40, 50 ou 60 anos? Ops! Você já passou disso? Tudo bem, faça planos para quando tiver os 65, 70, 80 ou 100 anos. Por que não?

“Viva como se Jesus fosse voltar hoje, mas planeje e trabalhe como se ele fosse demorar mais 100 anos”

Ter alvos e fazer planos é bíblico, sim. Uma pessoa que faz planos às vezes tem receio de parecer pretensioso, mas na verdade ele está mostrando que acredita em Deus, que tem fé que Deus vai abençoar. Tomemos como exemplo o próprio Deus. Ele tinha um alvo e fez planos de salvar o mundo. Não só tinha alvos e fez planos como os executou. Jesus é o nome em que todos os alvos e planos de Deus se realizam ou se realizarão. Jesus mostrava isso no seu rosto: “manifestou, no semblante, a intrépida resolução de ir para Jerusalém”. Paulo diz:

“Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar” (1 Co 9:26).

Jesus e Paulo tinham objetivos bem definidos. A própria salvação segue um plano. Se você obedece a Bíblia, precisa fazer planos.

Nos objetivos, planos e trabalho está a prosperidade e, na falta de fé nem sequer sonhamos e a pobreza automaticamente se instala. Mas os planos colocados em ação, não devem ser simplesmente planos, devemos ter ação:

“Os planos do diligente tendem à abundância, mas a pressa excessiva, à pobreza” (Pv 21:5).

Muita gente tenta conquistar os sonhos sem objetivo, não passam de sonhadores. Precisa-se fazer planos diligentes (empregar esforço) e algum resultado dará. Se ficar só no sonho, não passará de pobreza o resultado. Pobreza no mais amplo sentido, pois aquele que só tem como objetivo dinheiro na vida, é o mais miserável e pobre dos homens.

Quando você vê o prédio da igreja é uma realidade. Mas é claro que você sabe que um dia, há uns 50 anos atrás, alguém sonhou, desenhou no papel e depois começou a colocar o projeto em ação. Você está entrando, sentando e frequentando num lugar que, a princípio, não passava de um sonho de alguém, mas a pessoa não ficou só no sonho. Resumindo: É preciso um alvo (sonho), planos e ação (trabalho).

Para a sua vida, escreva num papel os seus sonhos. O que você gostaria de ser ou ter e quando. Não basta escrever seus planos no papel, se bem que esta etapa é muito importante, tem que colocar em ação. Nada de pressa para conseguir algo sem esforço, o resultado é o fracasso.  Agora, destaque, dos seus sonhos, os alvos a serem atingidos. Dos alvos ‘desenhe’ um plano de ação e comece a colocar em prática. É como construir um prédio. Você é o arquiteto da sua vida. Defina quantos andares sua vida vai ter e até onde estes andares vão te levar (que tal na presença de Deus?). Depois você não vai ficar só agradecido, vai se sentir também feliz e realizado! Quando você faz planos, escreve no papel, tira do papel para a prática, paga o preço do esforço e trabalho em cima daquele objetivo, quando você colhe os resultados, sua fé aumenta, sua esperança aumenta e você pode compartilhar o amor de Deus pro você e por todos aqueles que acreditam na força com a qual Ele nos sustenta.

Um último e mais importante lembrete: procure o reino de Deus e sua justiça em primeiro lugar. Em todos os seus planos inclua a pergunta: esta é a vontade de Deus? Pense no benefício do próximo nos seus planos sempre procurando agradar ao Senhor.

Agora, sonhe e faça planos!

João Cruz
Sobre João Cruz 41 Artigos
João Cruz trabalhou mais de 20 anos com a igreja como evangelista. Atualmente dirige o Ministério Resgate ligados à publicações, música, edificação, treinamento, crescimento da igreja, palestras, produção de conteúdo e informação para as congregações.