Rute – A Presença de Deus no Sofrimento

“Nos dias em que julgavam os juízes, houve fome na terra”. Rute 1:1a

“Naqueles dias, não havia rei em Israel; cada um fazia o que achava mais reto”. Juízes 21:25

“Todo o povo que estava na porta e os anciãos disseram: ‘Somos testemunhas; o Senhor faça a esta mulher, que entra na tua casa, como a Raquel e como Lia, que ambas edificaram a casa de Israel; e tu, Boaz, há-te valorosamente em Efraim e faze-te nome afamado em Belém’”. Rute 4:11

A história de Rute se passa em um período de fracassos para o povo de Israel. Foi uma época em que os juízes governavam, após a morte de Josué, grande líder em Israel que havia sucedido Moisés. Quatro vezes aparece essa frase na Bíblia como um refrão: “naquele tempo não havia rei, cada um fazia o que achava mais reto” (além desse versículo citado, podemos conferi-la em 17:6, 18:1 e 19:1). Cada um fazia o que achava ser reto e justo, não se importando e desprezando a Lei de Deus, e sempre que o homem se rebela contra Deus as consequências são terríveis e certamente sofrimentos virão e poderão atingir até mesmo quem está se esforçando em fazer a vontade do Senhor.

É neste contexto que entra a história de Rute, Noemi e Boaz, em uma situação, primeiramente de fome, depois de perdas de entes queridos, Rute, Noemi e Orfa são três viúvas à mercê daquela sociedade machista, na qual uma viúva certamente seria explorada e abusada.

A situação era tão grave que Noemi muda seu nome para Mara, isto é, amarga e o motivo ela expressou dessa forma: “o Senhor se manifestou contra mim e o Todo Poderoso me tem afligido” (1:21b).

Noemi atribui a Deus toda a sua desgraça, em consonância com a doutrina corrente no Velho Testamento na qual o sofrimento sempre seria a resposta e punição de Deus contra o pecador.

No decorrer da história, porém, vemos como o Todo-Poderoso guia os caminhos de Rute ao fazer com que Boaz entre em sua vida, faça seu resgate, case com ela e tenha com ela um filho, Obede, avô de rei Davi. Assim, ao decidirem obedecer a Deus em contraste com o mundo de sua época, Rute e Boaz são abençoados ao serem contados na genealogia do Senhor Jesus Cristo (Mateus 1:5).

Hoje em dia não é diferente. Vivemos num mundo no qual grande parte das pessoas não está interessada em obedecer ao Senhor e a Sua palavra. Assim, cada um faz, não o que julga mais reto, mas aquilo que lhe trará felicidade (algo às vezes bastante egoísta, até parece que vivemos tempos piores que os vividos por Rute e Noemi). Há corrupção, há desonestidade, há imoralidade e mesmo quem se esforça para guardar-se sem ser contaminado pelo mundo e seus valores (Tiago 1:27) pode sofrer as consequências de pertencer a uma sociedade pecaminosa e afastada de Deus. Podemos, sim, sofrer, e na hora do sofrimento perguntar: “Onde está Deus no meu sofrimento?”

Como na época de Rute podemos ter certeza de que, apesar de não parecer, Deus continua no controle e nada escapa de Suas mãos. Quando tristes e decepcionados, se fizermos como Rute e Boaz e decidirmos obedecer à Palavra do Senhor certamente seremos por Ele abençoados e, no final, seja nesta vida ou na vida porvir, bênçãos e mais bênçãos nos serão concedidas por nosso Pai celestial.

O livro de Rute é Romanos 8:28 na prática, isto é, “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”.

Onde estivermos, na alegria ou tristeza, tenhamos a certeza, a presença de Deus será a grande responsável por nossa alegria e trinfo posteriores, pois, Ele reina e reinará pelos séculos dos séculos.

Valdir Silva
Sobre Valdir Silva 61 Artigos
Valdir Silva é servo de Deus na cidade de Guarulhos e editor do boletim inter-congregacional Amo Jesus.