Você é Verdadeiramente Livre?

”Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: “Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos.
E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”.
Eles lhe responderam: “Somos descendentes de Abraão e nunca fomos escravos de ninguém. Como você pode dizer que seremos livres? ”
Jesus respondeu: “Digo-lhes a verdade: Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado.
O escravo não tem lugar permanente na família, mas o filho pertence a ela para sempre.
Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres”. (João 8:31-36)

Um dos temas mais excepcionais que a Bíblia apresenta como sendo um dos presentes que Jesus nos dá através da sua vida, morte e ressurreição é a LIBERDADE. Ele diz: ”Se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres”. Então, isso quer dizer que fora de Cristo, longe de Cristo, nós não somos livres. E isso é engraçado por que é uma coisa que todo mundo anseia, todo mundo fala ”liberdade isso, liberdade aquilo”, ”eu sou livre”, e muitas pessoas entendem a liberdade como poder fazer o que quiser. Mas aí está um engano: por que se eu faço tudo o que eu quero, então eu não sou livre, mas escravo de mim mesmo.

Muitas das vezes nesse ”tudo o que eu quero” estão incluídos desejos pecaminosos, inclinações ”naturais” do nosso coração e da nossa carne que não agradam a Deus, que são maus pra mim e pro meu próximo. Jesus diz que aquele que vive pecando (fazendo tudo o que quer) não é livre. Não é interessante pensar nisso?

Conceitue a sua liberdade. Pense sobre isso. Eu sou livre? De que maneira eu me considero livre? O que é ser livre pra mim? É poder fazer tudo o que eu quiser, na hora que eu quiser?

Eu penso que o mundo seria caótico se todas as pessoas agissem exatamente assim! Pense consigo mesmo: quantas vezes eu já não tive desejos ruins? Contra mim mesmo, contra o meu próximo? Se todas as mulheres fizessem o que quisessem sempre, e se todos os homens fizessem o que quisessem sempre, talvez a nossa humanidade já tivesse sido extinta!

Algumas pessoas dizem: ”o Cristianismo escraviza, aliena”. Muito pelo contrário: em Cristo, nós somos feitos livres! Cristo nos diz: ”Ei, você não precisa mais ser escravo de si mesmo! Não precisa mais fazer tudo o que o seu coração manda!” (Mc 8:34, Gl 5:16-26…), por que o Espírito Santo que habita nos Filhos (cristãos), faz mudar a nossa consciência (Rm 12:1,2, 1 Co 2:16). É um presente mas também um processo treinar a nossa mente para pensar como Jesus, e também através do Espírito, fazer morrer a carne para vencer esses desejos ruins. A mente sabe o que deve fazer, mas o corpo precisa ser comandado!

O cristão não está imune aos erros, quedas, nem ao pecado. Mas o Espírito Santo santifica. Continuamente liberta. Restaura.

Se você acredita que em todos os seus anos de vida (não sei quantos…) já conheceu a liberdade, mas não conhece a Cristo (Evangelho), então eu lamento informar: você não é livre. Mas a boa notícia é: ”se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres”.

”Mas agora que vocês foram libertados do pecado e se tornaram escravos de Deus, o fruto que colhem leva à santidade, e o seu fim é a vida eterna”. (Rm 6:22)

”Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus, porque por meio de Cristo Jesus a lei do Espírito de vida me libertou da lei do pecado e da morte. Porque, aquilo que a Lei fora incapaz de fazer por estar enfraquecida pela carne, Deus o fez, enviando seu próprio Filho, à semelhança do homem pecador, como oferta pelo pecado. E assim condenou o pecado na carne, a fim de que as justas exigências da Lei fossem plenamente satisfeitas em nós, que não vivemos segundo a carne, mas segundo o Espírito”. (Rm 8:1,4)

Deus é bom.

Débora Amaro
Sobre Débora Amaro 20 Artigos
Débora Amaro tem 19 anos, conheceu Jesus aos 13, desde então tem descoberto como é empolgante servir a Deus! Semanalmente um vídeo novo é lançado em seu canal no YouTube destinado a jovens cristãos.