Lia – “Eu Merecia e Não Recebi”

Há mais ou menos dois meses atrás fui madrinha de um casamento. A alegria do casal, durante a cerimônia e festa, demonstrava a grande confiança na decisão que estavam confirmando naquele dia diante dos parentes e convidados. Eles sabem que mudanças bem vindas virão e mudanças que eles nem imaginam ainda, acontecerão. Lembrei-me de uma noiva bíblica que conseguiu transformar o começo ruim em algo melhor, a cada dia.

Lia se casou com um homem que estava apaixonado por outra. Tão apaixonado que se vendeu por escravo durante sete anos (e depois mais sete) para o pai da amada. Não sei se Lia teve alguma participação nos planos de Labão, mas sei que ela foi “empurrada” pela goela de Jacó abaixo e que ele na manhã seguinte descobrindo que fora enganado foi reclamar com o pai dela. Pelos nomes delas é possível imaginar como suas vidas foram. Raquel quer dizer ovelha. Lia quer dizer vaca brava. Enquanto a Bíblia nos diz que Raquel era muito bonita, diz que Lia tinha olhos baços. Além disso, pelo estratagema de Labão fica bem claro que ele achava que ninguém iria querer se casar com Lia-o trambolho meio cego (Gên. 29).

Bem, temos um começo bem difícil para esta moça. Se ela tinha complexos, não sabemos, mas que ela possuía bastante papeizinhos na sua caixa “eu merecia e não recebi” isso não temos dúvidas. Mas, como ela se comportou? Podemos ver o coração de Lia se revelando nos nomes dados aos seus filhos. Não, não vamos encontrar nenhum bezerro bravo, ou novilho nervoso… Encontramos: Rubem – Eis! Um filho. Simeão – Famoso; Levi – Associado; Judá -Louvor; Issacar -Salário; Zebulon -Morada; Diná -Julgada. A cada gravidez ela recuperou um pouco da auto estima perdida e se viu útil e amada por Deus. Lia fez mais do que pegar limões e fazer limonada, ela saboreou a limonada bem geladinha.

ENSINANDO AS MAIS NOVAS:

Minha querida esposa juvenil. Como andam suas queixas diante de Deus por coisas que você tem colocado caixinha “eu merecia e não recebi?” Muitas queixas? Ele deixa a toalha molhada em cima da cama? Expreme o tubo de creme dental pelo meio e deixa sem tampa na pia? Ele não elogia a sua comida?

Lia tinha todas essas coisas em sua caixinha mas ela optou por olhar para Deus e ser grata. Grata pelo que ela tinha. Que tal começar a agradecer a Deus que seu marido toma banho? Que ele escova os dentes? Que você tem comida para cozinhar e comer?

Dentro de sua caixinha “eu merecia e não recebi” tem um papelzinho que precisa ser aberto, com urgência e colocado em local de destaque. Nele está escrito “condenação eterna”.

Janaina Vieira

Janaina Vieira
Sobre Janaina Vieira 6 Artigos
Janaina Vieira é cristã desde 1993. Nasceu no Rio de Janeiro e é casada com Maciel. Desde 1995 trabalha com mulheres na igreja ministrando aulas e palestras. Professora aposentada e junto com Maciel trabalha com crianças e adolescentes em situação de risco. É autora de dois livros: Mulheres Felizes, publicado pela Editora Ebenézer e "Filhos da Sua Mão Direita" da Resgate Editora.