Jovem Cristão: Influenciador ou Influenciado?

Ser jovem não é fácil e nunca foi,  as paixões mundanas, tentam nos tirar do caminho de Cristo, as amizades tentam nos fazer acreditar que o que fazem as pessoas do mundo, é normal, os conceitos podem ser distorcidos, entre outros exemplos.

Esses são só alguns exemplos do que o jovem certamente passa durante sua caminhada. É difícil ser jovem e andar na contramão do mundo, porém o Senhor Deus, também tem uma mensagem para nós a cada dia e, ela deve estar no nosso coração, cravada e gravada como um selo eterno, para que nunca nos esqueçamos.

Paulo na carta aos Romanos, escreve para que nossa mente  seja renovada dia-a-dia e que não nos conformemos com este mundo:

“E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

Mas… O que seria se CONFORMAR?

De acordo com o dicionário, se conformar é estar de acordo com algo, acomodar-se, resignar-se, submeter-se, quando conhecemos o significado dessa palavra, assim como quando tomamos nossa decisão, nos submetemos a Cristo e decidimos não nos submetermos ao mundo, porém, para que nós não nos conformemos com o mundo, precisamos de algo: renovar a nossa mente.

Renovar a mente é, pensar como Jesus pensou, agir como Ele agiu, ou seja, renovar a mente é um processo que exige foco, determinação seriedade, trabalho e esforço, é se tornar uma nova pessoa com uma nova mente.

Nós, jovens, temos um papel muito importante: ser um modelo.

“Não deixe que ninguém  o despreze por você ser jovem. Mas, para que os que creem, seja um exemplo na maneira de falar, na maneira de agir, no amor, na fé e na pureza.” 1 Tim 4:12 (Linguagem de Hoje)

Que grande desafio! Ser modelo é tornar-se referência, quando você torna-se referência em algo, então, é um modelo.

Portanto, você tem sido modelo em que?

É interessante que Timóteo, chama-nos atenção para sermos modelo na maneira de falar, Tiago já nos alerta sobre isso, o pecado no falar é extremamente fácil de praticar, pois não necessita de uma condição externa.

Ao escrever sobre o controle da língua, Tiago nos exorta para a necessidade da transformação do nosso coração e da nossa mente também.

Outra atenção especial é dada para a maneira de agir, ou seja, quando nossos amigos ou pessoas nos vêem, o que elas vêem de fato? Nossa maneira de agir, mostra quem servimos.

No amorum sentimento divino vejamos o que nos diz João em sua primeira carta:

“Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros.” 1 Jo 3:11

Deste modo, o verdadeiro amor cristão é aquele que é traduzido através de ações concretas para com o próximo e, precisamos ser modelo no amor, mesmo sendo tão desafiador.

Ser um modelo na fé: a fé é uma das grandes características do jovem cristão. Hoje em dia muito tem se falado sobre outras formas de crença signos, força do pensamento positivo, etc., porém devemos entregar tudo nas mãos de Deus, na certeza de que ele dirige a história de maneira soberana.

Finalmente, devemos ser modelo na pureza, Deus chama o jovem cristão a uma vida de santidade. O jovem cristão pode e deve ser modelo pureza de vida.

Jovem, você tem sido um modelo na maneira de falar? Na maneira de agir? No amor? Na fé, na pureza?

Você tem sido um influenciador, ou influenciado por outros modelos não cristãos?

Que todos nós, sejamos motivados a sermos padrões em Cristo e, que possamos nos esforçar para a cada dia mais, sermos parecidos com Ele, aceite este desafio e permita que o Senhor te faça um modelo DEle.

Mariana Porfirio
Sobre Mariana Porfirio 8 Artigos
Mariana Porfirio 21 anos, cristã há 8 anos, buscando a cada dia ser padrão em Cristo Jesus, estudante de Fonoaudiologia da Unicamp, congrego na Igreja de Cristo em Campinas.