Cuidado Com a Paixão

Havia uma moça na corretora de seguros. Ela era alegre, atenciosa e uma boa funcionária. Ela é que nos atendia todas as vezes. Um belo cartão de visitas da empresa. Num dia comum lá estava novamente para ser atendido, mas quem nos atendeu foi outra pessoa. Querendo saber onde estava nossa atendente costumeira, a resposta foi chocante: “Ela morreu”. Como assim ‘ela morreu?’ A história era tão impressionante que poderia ter sido contada de uma outra forma romântica, mas não era. O namorado dela acabou o relacionamento porque se apaixonou por outra moça e ela foi entristecendo, entristecendo até que um dia não levantou da cama e, simplesmente, morreu. Ela morreu de paixão 1)Paixão não satisfeita pode levar à depressão. Ela tinha certeza de que não poderia viver sem o namorado e decidiu morrer.

Mesa Redonda

A paixão é um sentimento. Pode ser puro ou devastador. Não faz escolhas nem sequer sexuais. Conduz a vida da pessoa que deixa que a paixão tome conta e ela toma conta mesmo. A paixão exerce sua força e também é conhecida como desejo ou concupiscências. A paixão é algo supérfluo em nossas vidas, mas tida pelos inexperientes como essencial. Sentem que sem ela a vida é vazia e provavelmente é mesmo, pois coisas valiosas que preenchem a vida custam caro e dá trabalho. Custam caro, mas não necessariamente em dinheiro. Dinheiro é consequência de se pagar pelo que tem valor. A paixão é um sentimento forte e poderoso, mas barato…

A paixão é que leva você a se relacionar e se comprometer com pessoas erradas. Como é que você não consegue ver isso? Como é que você foi tão inocente assim que não enxergou? A paixão te cega. As pessoas procuram a paixão quando estão carentes, isto é, fragilizadas e indefesas. Então a paixão, com sua influência, leva a pessoa onde, quando abre os olhos, não queria estar. Às vezes é tarde demais para voltar atrás.

A paixão engana a pessoa chamando-se de amor. A pessoa que está realmente fragilizada e indefesa acredita mesmo que está amando. A maioria das pessoas não sabe o que é amor.

A paixão é uma força interior controlável, mas enganadora. A força da paixão é o quanto a deixamos tomar conta das nossas vidas, ao invés de nós ficarmos conscientemente no controle. Se você deixar sua vida vazia, logo a paixão toma conta e te leva para onde você não sabe e, quando perceber, não consegue mais sair da situação a que se deixou levar.

O amor não é emoção, o amor é racional, é ação. Emoção é paixão, é seguir seus impulsos sexuais, é procurar sensações, doses cada vez maiores. Você nunca mais encontrará as mesmas sensações daquelas primeiras experiências que você teve. Paixão é fazer coisas das quais você vai se arrepender ou até levar você a entrar em depressão; vai perder tempo, oportunidades, deixar de render na escola, no trabalho, nos cursos; vai desobedecer aos pais, deixar o contato com Deus. A paixão leva a todos estes resultados de uma só vez. Já o amor não produz medo, não se engana, não se conduz inconvenientemente, não sente remorso, não se irrita, não procura seus interesses.

Precisamos procurar uma referência. Nossa melhor referência é o amor de Deus. Parta do princípio de amar como Deus amou. Para saber como Deus nos amou, precisamos conhecer o amor do Espírito e colocar em prática. O amor do Espírito está descrito nas palavras do apóstolo Paulo.

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.” (1 Coríntios 13:4-8)

A paixão começa debaixo para cima. O amor começa de cima para baixo. Deus é amor, mas nunca paixão. Nem sequer a ‘paixão de Cristo’ é algo bíblico. Paixão de Cristo deveria ser ‘sofrimento de Cristo’. Paixão vai fazer você sofrer, o amor vai te fazer bem, mas não confunda as coisas. Amor é razão, paixão emoção. A emoção passa e a razão fica para sempre.

Cuidado com a paixão. Melhor ser mais direto, não é? Cuidado com os seus sentimentos. O que você deseja tem um poder incrível. Tudo começa pelo desejo e, passo a passo, vai se tornando realidade. Cuidado com o que deseja. O desejo nos torna teimosos a ponto de contrariarmos até mesmo a Deus. Seus maus desejos podem te levar a um lugar em que você não desejaria nem para a pior pessoa deste mundo, seja lá quem for.

References   [ + ]

1. Paixão não satisfeita pode levar à depressão