A Necessidade de Liderança

Alguém em uma congregação no interior me perguntou:
– Qual é o maior problema da igreja na sua opinião?
Só tinha uma resposta para esta pergunta. A resposta, ao meu ver, tem gerado todos os demais problemas das congregações. O problema é a falta de liderança. Precisamos urgentemente investimento em lideranças congregacionais, regionais e liderança da igreja.

É claro que temos Jesus, mas liderança é como amar a Jesus, é impossível amar Jesus sem amar ao próximo e esta é a prova do amor que temos por Jesus. A liderança de Jesus se materializa na vida de homens e mulheres que servem ao Senhor através da igreja. Deus poderia ter feito tudo sozinho, mas Ele escolheu Moisés, Josué, Sansão, Davi, Salomão e tantos outros homens que proferiram a Palavra de Deus e finalmente os apóstolos e discípulos da igreja primitiva. Hoje, pela Sua Palavra, Jesus escolhe homens e mulheres que se enquadrem no padrão de liderança que serve a igreja. Pessoas que tenham qualificação.

“É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, sóbrio, prudente, respeitável, hospitaleiro e apto para ensinarnão deve ser apegado ao vinho, nem violento, mas sim amável, pacífico e não apegado ao dinheiro. Ele deve governar bem sua própria família, tendo os filhos sujeitos a ele, com toda a dignidade. Pois, se alguém não sabe governar sua própria família, como poderá cuidar da igreja de Deus? Não pode ser recém-convertido, para que não se ensoberbeça e caia na mesma condenação em que caiu o diabo.” (1 Timóteo 3:2-6 – a ênfase é minha)

O que um homem precisa ser para ser presbítero, todos os homens precisam ser, pois este é o padrão, isto é, o exemplo para a igreja ser.

O Que Acontece Quando a Liderança Falta?

Quando Moisés subiu no monte e ficou 40 dias recebendo os mandamentos, o povo perdeu a esperança e a direção. A referência que tinham era o Egito e logo fizeram um ídolo a quem creditaram a libertação do Egito.

O povo, ao ver que Moisés demorava a descer do monte, juntou-se ao redor de Arão e lhe disse: “Venha, faça para nós deuses que nos conduzam, pois a esse Moisés, o homem que nos tirou do Egito, não sabemos o que lhe aconteceu”. Respondeu-lhes Arão: “Tirem os brincos de ouro de suas mulheres, de seus filhos e de suas filhas e tragam-nos a mim”. Todos tiraram os seus brincos de ouro e os levaram a Arão. Ele os recebeu e os fundiu, transformando tudo num ídolo, que modelou com uma ferramenta própria, dando-lhe a forma de um bezerro. Então disseram: “Eis aí os seus deuses, ó Israel, que tiraram vocês do Egito!” (Êxodo 32:1-4)

Bastam 40 dias para que as pessoas se percam no caminho. Assim como no passado, a igreja precisa de liderança nominada, isto é, precisamos saber o nome de quem está à frente. Precisa seguir as qualificações, mas precisa também querer servir a Deus nesta excelente obra. Isto nos ensina ‘supervisionar’ os que faltam, pois correm o perigo de se perderem e não voltarem. Quando uma pessoa falta apenas um domingo, é suficiente para ir atrás do irmão como o pastor iria atras de uma ovelha desgarrada. Por que a urgência? Porque bastam 40 dias para uma pessoa se perder e não voltar mais.

Liderança tem visão! O tempo não para e precisamos cuidar também das gerações para que não esqueçam do Senhor. Depois de Josué isto aconteceu. Enquanto Josué e os líderes estavam à frente, o povo adorou a Deus. Depois, surgiu uma geração que não conhecia ao Senhor. Esqueceram de tudo o que o Senhor tinha feito para os livrar. Lhes parecia uma estorinha para criança inventada pela tradição. Automaticamente a idolatria tomou o lugar de Deus.

O povo prestou culto ao Senhor durante toda a vida de Josué e dos líderes que sobreviveram a Josué e que tinham visto todos os grandes feitos do Senhor em favor de Israel… Depois que toda aquela geração foi reunida a seus antepassados, surgiu uma nova geração que não conhecia o Senhor e o que ele havia feito por Israel. Então os israelitas fizeram o que o Senhor reprova e prestaram culto aos baalins. Abandonaram o Senhor, o Deus dos seus antepassados, que os havia tirado do Egito, e seguiram e adoraram vários deuses dos povos ao seu redor, provocando a ira do Senhor.” (‭‭Juízes‬ ‭2:7, 10-12‬ ‭NVI‬‬)

Quando a liderança falta, as pessoas perdem a esperança e logo satanás, disfarçado em alguma coisa, toma o lugar de Deus. Seja o conforto, seja a alegria deste mundo, sejam as companhias, sejam programações que tomam o lugar de Deus.