A Pureza dos Jovens

0
34

Timóteo era um jovem na igreja que conheceu a prática da Palavra através da fidelidade da sua mãe e avó (2 Timóteo 1:5). Mesmo sendo jovem, Timóteo tinha a confiança do apóstolo Paulo por ter como seu interesse principal o bem da igreja (Fp 2:19-21). Sendo estas algumas de suas qualificações, ninguém deveria desprezar a juventude de Timóteo (1 Tm 4:12).

Paulo tinha uma outra preocupação com Timóteo e escreveu para ele. Timóteo, apesar de ser jovem, deveria ser um exemplo a ser seguido.

“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na , na pureza” (1 Timóteo 4:12)

Neste artigo quero destacar o último item: a pureza. Sim, meus irmãos. Homens precisam lutar para serem puros. Pureza foi deixada por última nesta lista do conselho de Paulo talvez porque seja um resultado do esforço de ser um exemplo para os demais, do conhecimento da palavra, do modo de falar, do trato com os outros, do amor, do espírito e da fé. Sendo homem e tendo sido mais jovem, sei qual o valor e a dificuldade em se manter puro, inclusive na igreja.

Um fato interessante é que esta palavra usada para escrever pureza nesta passagem aparece apenas duas vezes em toda a Bíblia. A palavra é ἁγνείᾳ (hagneia). A segunda vez que esta palavra aparece é na seguinte citação:

“Não repreenda asperamente ao homem idoso, mas exorte-o como se ele fosse seu pai; trate os jovens como a irmãos; as mulheres idosas, como a mães; e as moças, como a irmãs, com toda a pureza.” (1 Timóteo 5:1,2)

Quando o apóstolo Paulo disse para o jovem Timóteo ser puro, ele estava falando sobre sua sexualidade. Timóteo, que era exemplo dos fiéis, deveria tratar as moças da igreja e fora da igreja como se fossem suas próprias irmãs na carne, isto é, com pureza. Um irmão defende sua irmã, briga com ela porque se importa com ela, a protege até mesmo dos olhos dos ‘lobos’ soltos por aí. Um irmão não deve olhar com malícia sexual para a irmã, mas deve tratá-la com todo o cuidado. Assim como todas as igrejas, os jovens devem beijar ou abraçar as irmãs com pureza. Até mesmo o namoro deve ter como lema a pureza, apesar da atração sexual que realmente existe entre um casal jovem de namorados.

A pureza deve vir pensando que o jovem é forte e deve esforçar-se para ser o exemplo dos irmãos. A pureza deve vir do conhecimento da Palavra que nos ensina a não tirar proveito do que pertence ao Senhor Jesus:

“Pois vocês conhecem os mandamentos que lhes demos pela autoridade do Senhor Jesus. A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o próprio corpo de maneira santa e honrosa, não com a paixão de desejo desenfreado, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique a seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor [Jesus] castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Espírito Santo.” (1 Tessalonicenses 4:2-8)

Do modo de falar vem a santidade. “A boca fala do que está cheio o coração”. Palavras más, palavrões, fofoca, maledicência, músicas inadequadas, todas as coisas que saem da nossa boca deve transmitir edificação. Quem nos ouve deve sentir prazer e ver o Senhor Jesus em nossas palavras. Ser jovem não é desculpa para agir e falar errado.

Do amor para com as irmãs moças deve vir a santidade. Devemos tratar sem malícia, sem segundas intenções, sem querer tirar proveito do corpo das irmãs que pertencem ao Senhor Jesus.

Da fé vem a pureza. Devemos acreditar no que a Palavra nos ensina sobre como tratar as irmãs. Devemos acreditar que a pureza nos trará alívio. O pecado, como já, sabemos traz consequências tristes. “O pecado é o motivo da tua tristeza. Deixe que a santidade seja o motivo da sua alegria” – Sto Agostinho.

Santidade e pureza é coisa tão séria que sem santidade e pureza, não veremos ao Senhor Jesus.

“Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor.” (Hebreus 12:14)

Rapazes, esforcem-se para serem o padrão a ser seguido na igreja. Sejam exemplos dos demais, até mesmo dos mais velhos na idade ou na fé. Que vocês tenham uma conversa sadia e um modo de falar que difere do mundo e até mesmo dos demais jovens da sua idade. Que vocês usem sua força, capacidade e disposição para servir melhor a Jesus. Que sejam conhecidos pelo amor verdadeiro e não apenas da boca pra fora. Que a fé de vocês mude a começar por hoje, pois vocês não são e não terão futuro na igreja sem fé. Que vocês, rapazes, sejam exemplo de pureza sexual, confiáveis das irmãs jovens e até mesmo dos pais das suas namoradas e do Senhor delas, o Senhor Jesus.