Conteúdo de Uma Mensagem Bíblica

Fui muito abençoado por conhecer a igreja ainda quando eu era criança. Lembro de várias pregações que ouvi. Ouvi muitos pregadores bons. Algum tempo depois eu mesmo me tornei pregador e eles foram minhas referências. Lembro de bons pregadores como Solerte Valente e Aramis Teresin, Walter Kreidel, Walter Lapa, Howard Norton, Modesto Pelegrin, João Pennisi. Mais tarde comecei a estudar os estilos deles informalmente.

Lembro de tantas ilustrações que ouvi e vi. Um destes pregadores certa vez levou dois pulmões para ensinar aos jovens sobre o cigarro, a prevenção e o pecado. Outro usou a sua língua nativa para ilustrar que muitas vezes tratam os pregadores como dog (cachorro) ou god (Deus). Outro levou um leãozinho de pelúcia para falar de Jesus. Outro, no meio de uma palestra, deixou um isqueiro cair propositalmente para que as pessoas pensassem sobre isso. Outro pegou um monte de moedas, provavelmente umas trinta e, pregado sobre Judas jogou as moedas no chão para os irmãos terem a sensação daquela noite de traição. Ainda estou aprendendo sobre como fazer uma boa mensagem.

Estas e tantas outras ilustrações serviram para impregnar a palavra de Deus nas mentes e corações. Sei que ainda não aprendi tudo. Vou viver aprendendo e depois que morrer ainda não vou ter aprendido tudo. O que aprendi até agora? Gostaria de compartilhar com você algumas coisas para que você tenha recursos para usar nas suas mensagens.

Introdução, Argumentos e Conclusão

Todas as mensagens são como as conversas informais ou formais. Todo tipo de comunicação tem um começo meio e fim. Se algum tipo de comunicação não respeitar estas regras básicas, fica sem sentido, não passam de palavras aleatórias, subjetivas, etc. Uma mensagem para ser entendida, acompanhada e lembrada depois, precisa ter uma introdução (começo), argumentação (meio) e conclusão (fim).

Mais abaixo outros conteúdos obrigatórios que a sua mensagem deve ter para que seja uma mensagem poderosa. Sim, sei que a Palavra de Deus é o poder para a salvação, mas nós podemos ser os empecilhos se não soubermos usar. A palavra de Deus é boa se alguém a usa de maneira adequada (1 Tm 1:8). Precisamos ser cooperadores da Palavra e isso vem somente pelo esforço. Tem que estar preparado para fazer a mensagem oportuna a todo o tempo:

Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina” (2 Tm 4:2)

Repreensão, Correção e Exortação

Os pregadores precisam entender que o assunto da pregação é a Palavra. A Palavra de Deus produz fé verdadeira, aperfeiçoa e salva a alma (Rm 10:17; 1 Tm 3:16, 17; Tg 1:21). Para pregar, como dito acima, precisa estar preparado tendo oportunidade ou não.

Um irmão conversando comigo disse:
– Eu acho que as mensagens nesta congregação são muito negativas. Só se fala sobre problemas. Por acaso somos uma igreja amaldiçoada?

Uma mensagem biblica edificante precisa sim repreender e corrigir, mas também precisa exortar. Exortação significa “chamar para perto”, “consolar”, “confortar”, “encorajar”, “fortalecer”, etc. Isso significa que a mensagem bíblica ao ser preparada precisa ser planejada para ter um equilíbrio de 33,3% de repreensão, 33,3% de Correção e 33,3% de Exortação. Totalizando, assim, 99,9% (arredonde para 100%). Espero que esteja entendendo que precisa ter um equilíbrio na sua mensagem. As pessoas precisam, sim, de correção, de repreensão, mas tão importante quanto é a exortação. Sobre este assunto, leia o artigo que aborda mais sobre isso.

Os pecadores, os que estão cansados e sobrecarregados, todos os que vêem até Jesus e sentam-se aos pés Dele no culto esperam ser repreendidos e corrigidos, mas precisam sair encorajados, fortalecidos pela mensagem.

Admitamos ou não, a pregação dominical é o ponto alto do culto. Precisamos eleger ao púlpito os melhores pregadores da igreja. Púlpito não é hora de experiência e treinamento. Os homens precisam receber treinamento durante a semana nos grupos de estudos bíblicos, nos sábados, precisam ter oportunidade de ensinar a Bíblia em particular para assim estarem aptos e preparados para subir ao púlpito.

Ao prepara qualquer mensagem biblica, pergunte para si mesmo:
– Esta mensagem tem repreensão, correção e exortação?

Estilo Correto

Se você foi ‘eleito’ pela congregação para pregar no domingo, isto é um chamado de Deus e um reconhecimento do seu crescimento espiritual. É um privilégio! Você deve sentir-se obrigado a responder com preparo, leitura e oração. Se você vai pregar, antes de mais nada, escolha o estilo correto para a mensagem. Não tem estilo errado, tem o melhor. O melhor estilo para uma aula dominical é o estilo tópico ou textual. Já para mensagens chamadas de pregação, o melhor estilo é mensagem expositiva. Se você não souber escolher o estilo correto, então você já começou mal. Leia este artigo sobre o que é uma mensagem expositiva e como preparar uma mensagem expositiva.

Ilustrações

Jesus usava ilustrações nunca usadas antes. De onde Jesus tirava as suas ilustrações? Enquanto a fonte pode ser desconhecida, sabemos que Jesus recebeu do Pai toda autoridade para pregar e o Espírito do Senhor estava com Ele para pregar (Lucas 4:16-21). As ilustrações usadas por Jesus foram chamadas de parábolas.

As ilustrações de Jesus tinham a função de colocar uma comparação ao lado da verdade. Tenho para mim que as ilustrações de Jesus tinham base em acontecimentos verdadeiros, isto é, baseados em histórias reais.

As ilustrações têm a função de “quebrar o gelo”, mas se não souber usar acaba congelando tudo. Se vai usar ilustrações, e na minha opinião um pregador bem preparado deve usá-las, saiba usar de tal forma que a comparação colocada ao lado da Palavra de Deus seja enriquecedora.

Uso da Emoção na Mensagem

Temos um problema na mensagem. O problema são os extremos. De um lado vemos o apelo das emoções sendo exploradas a tal ponto que as pessoas ficam impedidas de pensar. São tantos gritos e recursos externos sendo usados que não corrigem, não repreendem e não exortam. Serve como uma fuga para o momento, mas a pessoa sai mais vazia do que quando entrou.

Outro extremo é se tornar linear na apresentação da mensagem. Não pode apelar para uma lágrima ou um sorriso. Não pode fazer a pessoa levantar e é um sacrilégio. Como podemos ler a bíblia sem emoção nenhuma? Não consegue ver Jesus sorrindo, chorando e até usando de emoções nas suas pregações? Confesso que quando leia Lucas 4:16-21 eu sempre me arrepio… Por que não proporcionar o mesmo para a irmandade?

Não podemos permitir que nossa objetividade mate a nossa humanidade. Conheço um irmão chamado Paulo que expressa sua fé literalmente gritando “Aleluia”. Por que alguém não pode dar glória a Deus e nós dizermos amém? Ele é conhecido como Paulo Aleluia.

Conclusão

Uma mensagem biblica poderosa precisa colocar a Bíblia em primeiro lugar. Tudo deve girar em torno da Palavra de Deus. Ao preparar e apresentar a mensagem deve seguir uma lógica que ela mesma apresenta: começo (introdução), meio (argumentos) e fim (conclusão.

Uma mensagem biblica poderosa deve repreender, corrigir mas também deve exortar quem se humilha nos pés do Senhor precisa ser levantado pelo Senhor através da sua Palavra.

O pregador precisa estar preparado e, muito tempo antes da apresentação, deve saber que deve levar um sermão e não uma aula. A escolha do estilo da mensagem garante que seja bíblico, objetivo e todos saiam edificados.

A mensagem deve trazer suas comparações identificáveis pelos irmãos nas suas vidas através de ilustrações e também de emoções. Se a Palavra de Deus não for identificada em nossas vidas e necessidades, então nós como representantes do Senhor da Palavra, não estamos prontos e nem sequer fazendo jus ao chamado do Senhor.

Estes são alguns ítens que sua mensagem deve conter para ser apresentada no domingo. Muitos outros ítens podem fazer parte, mas tenha certeza de que não entrem em conflito com a Palavra de Deus.

Ficarei feliz se estiver sendo útil para você.